"Os mais excitantes contos eróticos"


meu namorado tarado e sem vergonha


autor: preta_linda
publicado em: 04/08/16
categoria: hetero
leituras: 30765
ver notas
Fonte: maior > menor


Ola gente, estou aqui mais uma vez pra partilhar com vcs mais uma das minhas aventuras sexuais e dessa vez vou começar por me descrever: 19 anos, pele morena, cabelos cacheados no meio das costas, baixinha de 1.60, 58kg, cintura fina bunda grande e redonda, peito médio bem firme e redondo. Aquele tipo de mulher violão kkkk.

Depois de uma noite de festa, eu e meu namorado acordamos i fomos pra sala assistir um pouco de tv quando o amigo dele que dormiu la em casa na noite passada acordou e foi ficar com a gente na sala. La na sala tinha dois sofás, o amigo dele estava num e eu e meu namorado estávamos noutro. Era costume nosso fazer sexo na sala já que nos morávamos juntos (meu namorado e eu), e naquele dia ainda nos não tínhamos dado nenhuma trepadinha e eu estava cheia de vontade (como sempre kkkk).

Ficamos conversando enquanto assistíamos tv, meu namorado deitado atras de mi (sofá na vertical), cobertos por um cobertor (pois tinha um pouquinho de frio) e ele me abraçando por trás, o amigo do meu namorado deitado no sofá de frente pra tv (sofá na horizontal) com a cabeça na nossa direcção de maneira que se ele virasse não conseguiria nos ver. Foi quando bateu aquela vontade pois dava pra sentir o pau do meu namorado que mesmo mole tem um bom volume, então eu pedi bem baixinho pra irmos pro quanto porque eu estava com imensa vontade, mal ouviu e já tinha ficado duro já, nem me respondeu e começou a passar a mão no meu corpo, o amigo dele nem dava por nada pois estava muito concentrado na tv.

Meteu a mão por baixo da minha blusa e começou a acariciar meu mamilo com movimentos circulares e o meu biquinho já tinha pulado pra fora, ate aqui tudo bem né mas depois ele começou a beijar o meu pescoço e eu comecei a ficar louca. Disse pra ele parar com aquela sacanagem e voltei a pedir pra irmos pro quarto mas ele mais uma vez me ignorou, ate aqui tudo bem ainda, porque eu podia me controlar, mas ele não parava e ia cada vez mais longe, meteu a mão direita pelo meu short e começou a brincar com o meu clitóris e meus lábios, tirava a mão pra molhar os dedos na boca e voltava a passar na minha bucetinha que já estava encharcada.

Isso, acompanhado com os beijos no pescoço e apertadinhas no meu seio direito com a mão esquerda dele que passava por baixo de mim e chegava ao meu seio, me deixava cada vez mais louca de tesão, fechei meus olhos por uns segundos pra aproveitar aquilo, quando me bate aquela preocupação de que não estávamos sós, então reparei que o amigo dele tinha caído no sono, virado pra cima ficando deitado de costa, ou ele ainda estava cansado da noite anterior ou estava fingindo kkkk, não sei pois não consegui ver, só sei que aquilo tudo tava muito bom e eu já não conseguia pedir pra parar.
Comecei a rebolar contra o pau do meu homem e ele acelerando os movimentos com a mão, apertava minha bunda contra o pau dele e eu conseguia sentir ele bem no meio do meu cu.

Quando dei por mim ele já tava com dois dedos dentro de mi me fudendo com aqueles dedos grossos, que gostoso, gozei na mão dele. Ficava cada vez com mais tesão e cada vez mais preocupada com o amigo dele, mas parecia que aquela sensação de adrenalina e aquele medo de ser pega só aumentava o meu tesão. Implorei pra irmos pro quarto pra ele me comer de jeito, foi a primeira vez que ele estava se comunicando comigo desde que começamos aquela sacanagem, dizendo que se eu estava gostando pra eu não preocupar e pra eu ficar quietinha e calada que assim o amigo dele nem ia notar.

Obedeci e tentei ficar calada e quieta, abaixou as calças, segurou seu pau e começou a esfregar a cabeça do pau na minha buceta e aquilo sim foi o meu ponto fraco, me rendi, gemia mais muito baixinho, delirando e desejando que aquele pau entrasse em mi. Quando ele me penetrou foi tão mais tão gostoso que soltei um gemido um pouco mais alto que fez com que o amigo dele desse uma volta no sofá, ficamos paralisados, meu namorado ainda com o pau dentro de mi, ficamos olhando pra ver se ele não tinha acordado, ele virou olhou pra nos com aquela cara de sono e voltou a dormir, pkp o cara tava mesmo cansado meu.

Logo após ele voltar a dormir meu namorado me surpreendeu com estocadas bem fortes e bem gostosas, senti o pau dele bater la no fundo. Com as pernas apoiadas uma em cima da outra sentia minha buceta bem apertadinha com aquele pau entrando e saindo bem molhado e bem gostoso. Meu namorado delirava, me chamava de gostosa bem baixinho no meu ouvido, e eu morria de tesão, que gostoso sentir ele me fudendo com vontade. Rebolava, mexia meu quadril e empinava mais o meu bumbum pra q o pau dele entrasse mais e pudesse sentir ele todo dentro de mi. O pau dele é tao perfeito pra mi que eu nem sinto dor, é só prazer mesmo.

Continuou com aquele ritmo ate eu sentir que ele ia gozar porque quando ele esta preste a gozar ele me segura com mais força e o gemido dele fica muito mais gostoso, aquilo me faz ficar muito excitada fazendo nos dois gozar ao mesmo tempo, que sensação boa. Logo apos ele gozar gostoso dentro de mi, alguém tocou a sineta e o amigo do meu namorado acorda todo desorientado pra abrir a porta porque era a namorada dele que ia buscar ele. Ela entrou, ficamos la um pouco os quatro, eu e meu namorado ainda na mesma posição como se nada tivesse acontecido, conversamos um pouco depois eles foram embora. Dormimos la mesmo no sofá depois daquele sexo gostoso e muito intenso.

Toda vez que eu vejo o amigo do meu namorado lembro desse dia e fico pensado se ele realmente não deu conta kkkk coitado.

Meus amores se gostarem e também se vcs sentiram tesão ou se masturbaram lendo meu conto me avisem, deixem comentário. Ficarei muito contente, pois esse é meu objectivo, vos fazer sentir tensão com os melhores contos reais. Beijos molhados e gostosos
Me adicionem também :*




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.