"Os mais excitantes contos eróticos"


AS PUTINHAS DO GARANHÃO


autor: didão
publicado em: 14/02/17
categoria: hetero
leituras: 2377
ver notas
Fonte: maior > menor


Sou Marcos 39 anos moreno 1,80 de altura 90 quilos.

Certa vez namorei uma colega de trabalho ela tinha 37 anos e tinha uma filha de 20 as duas eram gordinhas, sou tarado em uma gordinha. Já namorávamos uns 2 anos o nome dela é Gilda sua filha Gislaine tando a mãe é filha eram bem, gostosas, Gilda pesava uns 95 quilos e Gislaine 85 de tando Gilda insistir fui morar na casa dela nos primeiros dias tudo era uma delicia fodia Gilda de manhã tarde e noite.

Gilda foi despedida do serviço e arrumou um trabalho a noite nossas fodas foram diminuindo Gislaine na época cursava o 2º grau a noite eu ficava em casa só das 8 até as 11 da noite sempre ficava na sala vendo televisão.

Quando Gilda estava de folga nossas noites eram de puro sexo, a danada era boa de cama chupeta era sua especialidade tinha noite que ela fazia uma chupeta antes e outra depois da foda.

Eu sempre respeitei Gislaine tratava ela como se fosse minha filha uma noite estava vendo futebol Gislaine chegou meio triste e disse.

-Marcos você e minha mãe se dão muito bem né.

-Sim Gislaine porque a pergunta.

-Admiro você gostar da minha mãe difícil homem gostar de gordinhas, eu até hoje não consegui um namorado o máximo que rola é uns beijinhos e nada mais, minhas amigar dizem porque sou gorda.

-Que nada minha linda, você e muito bonita vai aparecer um cara que vai apaixonar por você tudo tem seu tempo.

Percebia que Gislaine estava muito triste e chorava falei.

-Senta aqui quer desabafar.

-Marcos você é muito bom tem tempo de me ouvir, eu tenho noite fico ouvindo você e minha mãe transarem fico no maior tesão chego me masturbar umas duas vezes por noite.

-Gislaine isso e coisa muito intima minha e de sua mãe se ela fica sabendo ela briga com voce.

-Eu sei por isso que estou falando com você eu confio em voce.

Nessa altura Gislaine estava com sua cabeça em meu ombro e alisava meus cabelos eu discretamente abracei ela e comecei a fazer um carinho nela, Gislaine começou a respirar devagar e fechava os olhos e dizia.

-Marcos eu acho que estou apaixonada por você me sinto tão bem junto de voce.

-Menina cuidado as coisas podem tomar rumos sem volta.

Nisso ela me da um beijo na boca eu não resisti comecei a beijá-la ela estava vestida com vestidinho de malha acima do joelho tem umas coxas grossas igual a da mãe um par de seios tamanhos médios. Abaixei a alça de seu vestido ela estava sem soutien seus seios eram lindos bicudinhos comecei a chupar ela foi a loucura, ela pega no meu pau por cima da calça e começa alisar ele deu sinal de vida na hora ela abre o zíper abaixa minha cueca e fala.

-Deixa ver essa coisa linda, mamãe sempre diz que é grande quero ver.

Realmente meu menininho e bem avantajado mede 19 cm, Gislaine geme e fala.

-Isso que é pinto coisa linda.

Nessa altura Gislaine estava só de calcinha, uma calcinha preta com rendinha onde marcava bem a testa de sua buceta comecei a passar o dedinho em sua buceta ela diz.

-Marcos vai devagar eu sou virgem ninguém quiz tirar meu cabaço até hoje.

Fiquei meio encucado minha enteada era virgem, fiquei só no carinho e disse.

-Menina vamos dormir não é certo eu namoro sua mãe.

Ela começa a chorar e disse.

-Até você não quer me comer viu só porque sou gorda.

-Não é nada disso menina sirvo pra ser seu pai sua mãe pode descobrir.

- Só se você contar eu não conto nunca vamos pro meu quarto.

Fui até o quarto Gislaine ficou totalmente nua e deitou na cama, com sua bucetinha totalmente depilada cai de boca Gislaine gemia chorava chegava a soluçar, também já tava totalmente nu ela pega meu pau começa a chupar meio desajeitada logo começou mamar parecia a mãe chupando um pau. Coloquei ela deitada fui colocando meu pau devagarinho em sua buceta assim que entrou senti seu cabacinho forcei um pouco até que se rompeu minha pica foi entrando com certa dificuldade até que entrou tudo. Gislaine cochicha em meu ouvido.

-Até que enfim perdi meu cabaço, perdi pro gostosão de come minha mãe.

Fiquei metendo por uma meia hora Gislaine teve seu primeiro orgasmo com uma rola dentro de sua buceta, a hora que tirei meu pau ela saiu todo cheio de sangue, não gozei dentro por precaução vai que a menina fica grávida naquela noite foi só fui tomar um banho e fui pro meu quarto, Gilda chegou as sais da manhã com um fogo do caralho, ela me acordou com uma chupeta não resisti coloquei Gilda de quatro e mandei vara na sua buceta, dei uma gozada que Gilda disse.

-Meu maridão não nega fogo mesmo agora quero no cu faz tempo que tô querendo vara nesse cu.

Ouvindo aquilo apontei meu menininho naquele cu e fui metendo fazia tempo que não comia o cu de Gilda ela deu um suspiro e disse.

-Devagar amor faz tempo que esse menino não vista minha caverninha traseira mete com cuidado.

Fui metendo e pensando o dia que iria comer o cu de Gislaine pegava nos peitos de Gilda fazia igual cachorrinho comendo uma cadelinha, até que anunciei o gozo e Gilda fala.

-Aqui meu cachorrão safado na boquinha da sua cadelinha.

Gilda coloca o pau dentro da boca começa punhetar com a cabeça da rola dentro da boca, dei uma gozada enchi sua boca de porra ela bebeu tudo e fomos pro banho, ainda debaixo do chuveiro dei outra metida em Gilda saímos tomei o café da manhã e fui trabalhar na hora do almoço meu celular toca atendi era Gislaine.

-Marquinhos tudo bem garanhão ouvi você e mamãe fudendo de manhã você é foda comeu até o cu de mamãe, duvido que você não tava pensando que tava fudendo meu cu.

-Como você adivinhou comi sua mãe pensando que tava fudendo voce.

-Sabia você é safado pra caralho hoje a noite depois que voltar da escola quero bis.

Chequei em casa minha esposa em casa disse.

-Amor hoje estou de folga poderemos fazer amor a noite toda.

-Com certeza.

Pensei caralho não vai hoje que vou comer o cu da Gislaine, tava vendo um filme da TV Gilda tava dormindo e Gislaine chega.

-E ai garanhão comedor de gordinhas vou tomar um banho te espero no meu quarto.

-Psiu fala baixo sua mãe tá dormindo esta de folga hoje.

-Fudeu será que ela ouviu.

Ficou um silencio danado Gislaine foi pro seu quarto ficou quietinha, Gilda se levante e disse.

-Com quem tava falando era com Gislaine.

-Não amor a televisão que estava alto abaixei Gislaine faz mais de uma hora que entrou deve estar dormindo já.

-Então vamos pro quarto tenho uma surpresa.

Entrei Gilda fica só de calcinha e disse baixinho.

-Amor olha só me depilei todinha só pra voce.

Cai de boca naquela bucetona Gilda gozava feito louca ela se vira fizemos um 69 até gozar em sua boca, fizemos um papai e mamãe louco metia em sua buceta apertava aquele bundão gostoso, apertei sua bunda apertando sua buceta contra minha vara e gozei.

Dormimos de manhã cedo Gilda ficou dormindo tava tomando café Gislaine se levanta só de short dool meio transparente vem até a cozinha e fala baixinho.

-Garanhão contei tudo pra mamãe que você tirou meu cabaço.

-Voce tá louca que ela disse.

Ouvi Gilda da porta da cozinha.

-Se você der conta de nós duas você será o garanhão da casa, se não der será o chifrudo da casa, e outra agora estarei de manhã no serviço eu sempre terei prioridade em fuder com você minha filha sempre será depois.

Não acreditava que estava ouvindo minha mulher liberando a filha pra mim. Sai pro trabalho no almoço meu celular toca.

-Garanhão hoje te quero na minha cama já falei com mamãe ela topou nós tres na mesma cama.

-Voce e louca menina como você convenceu sua mãe.

-Segredos de mulher.

-Me diz sua mãe esta me traindo.

-Mamãe é super fiel a você garanhão.

Chequei a noite em casa as duas já me esperava Gilda com sua camisola transparente e Gislaine com aquele short dool, disse as duas.

-Quer dizer que sou o garanhão da casa.

As duas respondem.

-Sim senhor.

Jantamos na hora de deitar fui pro banho voltei pro quarto e Gilda disse.

-Minha filha hoje você só olha mamãe vai dar uma aula como ser uma puta na cama.

Gilda começa fazer um stripper Gislaine só olhando Gilda disse pra filha.

-Filha assim todo macho vai querer de fuder a noite toda.

Ela me coloca pelado na cama e começa a chupar meu pau.

-Assim filha que chupa em pau presta atenção, tô faz um pouquinho.

Gislaine pega meu pau igual a mãe fazia e começa a chupar Gilda falava.

-Menina chupa direito não quero reclamação do nosso garanhão, agora filha espera ai.

Gilda deita na cama e fala.

-Menina deita ao lado da mamãe mas antes tira sua roupa.

As duas peladas ao meu lado Gilda fala.

-Garanhão me fode primeiro, Gislaine presta atenção.

Gislaine ficou vendo eu fuder a mãe, não aguentei comecei a fuder a mãe e chupar a buceta da filha eu trocava fudia a buceta da filha e chupava a buceta da mãe as duas gozaram na minha rola, anunciei que ia gozar Gilda e Gislaine ficam de joelho Gilda começou bater uma punheta e disse.

-Filha abocanha o pau do garanhão, garanhão da leitinho pra nossa menina beber.

Gozei na boca da Gislaine ela com meio de nojo quiz cuspir a mãe disse.

-Não senhora puta que é puta tem que engolir tudo.

Gislaine engoliu tudo.

-Garanhão agora só falta o cuzinho da nossa menina espera ai vou passar KY no cuzinho dela não quero ver nossa menina sofrer.

Gilda antes fez mais uma chupeta e passou KY na pica pica e no cu de Gislaine, fui colocando a cabeça devagarinho até que entrou tudo, coloquei mais um pouco até entrar tudo Gilda fala.

-Menina da mamãe da gostando de levar no cu, pensa que vida de puta é fácil.

-Mamãe vou ser uma puta igual a você homem nenhum terá queixa minha

Não acreditava que ouvia agora tinha mãe e filhas as minhas duas putinhas em casa Acabei gozando dentro do cu de Gislaine, fomos os tres pro chuveiro. Ainda comi o cu de Gilda debaixo do chuveiro Gislaine passava sua buceta toda depilada na minha cara e falava.

-Garanhão serei sempre a sua putinha se mamãe deixar.

-Claro filha mamãe e você as putinhas do garanhão....



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.