"Os mais excitantes contos eróticos"


O PRIMEIRO ENCONTRO


autor: Lesbika-online
publicado em: 03/10/16
categoria: lésbicas
leituras: 36985
ver notas
Fonte: maior > menor


___Olha você aceita encontrar comigo no Domingo agora a tarde,se você quiser e claro?
Olívia ficou extremamente nervosa com esse convite inesperado, suas conversas online com Amy eram sempre formais, apesar que para Olívia ela não esperava que isso acontecesse e tao pouco nunca imaginou que fosse com uma pessoa no virtual, ainda mais com Amy, seu perfil era bastante diferente do dela, cheio de fotos, interesses e não escondendo sua opção sexual.
Seu primeiro pensamento naquele momento foi
"Ai meu Deus será que ela ta mesmo me convidando pra sair com ela?????????????????????????..."
Amy tinha noção do que ela realmente queria naquele encontro com Olívia, mas no momento em que fez o convite, no fundo ela estava com medo de Olívia não aceitar...fechando os olhos, assim naquela expectativa da resposta atravez da tela de seu notebook...
...
Olívia digitando
...
...
...
"Aiii, ela não responde rápido poxa,,, Melhor eu sair da pagina se não ela vai perceber que eu estou nervosa pra saber se ela vai aceitar ou não''
Rindo desse pensamento idiota Amy, resolve ir no banheiro enquanto isso...
Olívia fica com o coração na boca, falando com si mesma
___Ela não esta mais online, Ah :-(, O que eu faço???, Quer saber...
"Eu quero muito, conhecer ela, e vou aceitar sim"
Ter escrito tanto tempo e responder apenas uma palavra soou meio burrice para Olívia, mas sabia que não queria estragar aquele encontro, não antes mesmo de responder...
Por fim Olívia resolveu responder, se sentindo afilta ja que Olívia era muito humilde e não era muito de sair pra lugares novos...
Voltando sua atencao pra a tela ela escreve:
___Sim, Mas so vou puder durante a tarde...
Feliz com a aceitacao de seu convite.
Amy e Olívia combinaram onde iam se encontrar naquele domingo, ...
Dois dias se passou e no próximo seguinte era o encontro delas, e claro que quem estava mais ansiosa para aquele domingo seria Olívia
Já Amy com a Faculdade lhe enchendo a mente, estava lotada de afazeres, e sua família ocupava ainda mais suas preocupações, apesar de seus Hobbes favoritos estivessem atrasados ela sabia onde iria querer levar Olívia naquele domingo
Seu desejo era conhecer realmente quem era aquela GAROTA que com poucas palavras em seu perfil e em suas conversas atiçou bastante a curiosidade de Amy, seu jeito discreto e reservado dela de ser lhe despertou sim uma atração mutua
Olívia que não sabe. Mas dias antes Amy a reconheceu no shopping, foi mera coincidência ja que por ela ter sido esbarrada no caminho com um sujeito, o rapaz falou alto levando a atenção de Amy para Olívia naquele exato momento que a reconheceu e desejou cumprimenta-la mais ela parecia estar com tanta pressa ja que saiu sem responder o sujeito mal educado
Seu jeitinho de lidar com aquela situação fez com que Amy percebesse que precisava conhece-la ... mesmo que fosse por apenas "amizade"...
Domingo!
Parada na praça onde tinha combinado com Amy, Olívia aguarda por ela, morena com estilo bastante emotivo, Olívia passou a olhar o perfil de Amy na noite interior e ficou tentando entender aquelas tatuagens, aquele profundo olhar que parecia mostrar o quanto ela era decidida e feliz por ter aquela vida, talvez seu interesse por ela fosse por diversão, e ainda sim no fundo Olívia queria também?
Num sobressalto de susto ouvindo um carro buzinar levemente
Olívia avista um carro a sua frente era Amy, naquele momento Olívia ficou com vergonha, pois estava vestida apenas para um passeio com ela por ali mesmo na praça, e não imaginava que iria tao longe a ponto de precisar ir de carro é tao bem vestida como Amy estava
Calca jeans bastante colada escuro além de estar enfatizando as curvas de Amy, combinando com sua jaqueta e blusa vermelha com estampa de uma gata, seu cabelos eram negros como seus olhos e aquele sorriso fez o coração de Olívia ficar em transe, ate que ouvia ela lhe chamando a atenção
___Ei Olívia?, Fico feliz que tenha vindo...
Saindo de seu carro Amy vai ate ela, e da lhe um abraco de cumprimento...
Amy conhecia muito bem quando alguém estava se sentindo tímida naquela ocasião, assim tentou descontrai-la dizendo
___Você esta tao linda, acho que vou ate em casa pra me vestir melhor rsrs...
Constrangida ainda mais, Olívia recua não dizendo nada, apenas sorrindo
Amy nota que ela estava realmente tao fofa com aquele macacaozinho de jardinagem jeans mais sua blusa branca, sem contar pelo seu perfume de aroma delicado, confessando a si mesma foi delicioso abraça-la, cabelo longos ela tinha eram castanhos mais enfatizavam umas mechas claras por causa do sol, talvez...
Amy argumenta olhando bem para o rosto de Olívia
___Então vamos?
___Claro.
Dentro do carro ja Amy e Olívia começam a ser conhecerem melhor...
___Sou bastante diferente das fotos ne Olívia?
___Um pouco, rsrsr, Quero dizer, nelas você não possui esses pircens
___Verdade, as fotos la sao antigas, esses piercens sao recentes, ...na real mesmo e que eu não sou muito de ficar online muito tempo, ja que faco faculdade, alem de ter que ajudar minha familia com economias na empresa em que meu pai é sócio...
___Nossa,parece ser mesmo bastante tenso para você isso?
___É sim, é...Alias seu nome é bastante lindo, quem da sua família que escolheu?
___Minha avó na verdade, Fui criada com ela desde de muito bebe...
___Sua avo fez uma escolha maravilhosa ja que você é muito linda também...
Sorrindo Amy olha pra ela,
___Obrigada Amy, você e muito linda também...
Oivia retribuindo o sorriso de Amy de volta
Olhando em sua volta Olívia começa observando aquele lugar e estava preocupada ja que não sabia onde ao certo Amy a estava a levando-a
Como adivinhação Amy ja lhe responde entendendo o porque que Olívia estava olhando pra todos os lados
___Estamos indo no teatro, o daqui e o melhor dessa cidade, faz tempo que não venho aqui e queria te mostrar uma peca bastante bacana, você gosta de teatro?
____Sinceramente nunca fui, e essa sera minha primeira vez...
Impressiona por essa revelação, Amy fica bastante feliz por isso, pois além de ser a primeira vez dela vendo um espetáculo , sera também um momento certo para mostrar a ela sua verdadeira intenção naquele encontro
As duas saem do carro e Ambas andam juntas, a frente estava o teatro mais incrivel de estar num domingo daqueles
Espetáculos de fazer todo tipo de publico se encantar com as historias, lendas, cantos musicais, principalmente o ar de suspense e tensão pairando no ar
É claro que naquele espetáculo não foi dirente foi ate intenso demais, se sentindo a pessoa mais especial do mundo compartilhando suas opiniões e desejos Olívia e Amy passaram um bom tempo assistindo com bastante atenção, de relances Olívia segurava a mao de Amy de propósito, em outras Amy falava baixinho em seu ouvido qual era a verdade oculta entre as falas do Personagens e o que viria a seguir...
Deixando Olívia extremamente encantada com a historia e com aquele momento que nunca tinha presenciado em sua vidinha
Soltando um comentário, ambas bastante ciente uma da outra naquele nivel de intimidade, e todas aquelas pessoas em volta das duas não fazia elas se sentirem desconfortáveis, pelo contrario nada acontecia ja que todos estavam focados aos personagens naquele palco,
___Ao sairmos daqui podemos ir a qualquer lugar que você quiser, Olívia...
Passando uns minutos, aquele argumento que Amy tinha lhe falado momento antes, despertou muitas suposições na mente de Olívia, provocando pensamento inesperados, confusos, ansiosos e bastante íntimos demais
Como se não bastasse com o decorrer do espetáculo cada vez mais Amy lhe provocava, ou isso era fruto da imaginacao de Olívia
Amy fazia isso seja em sussurros na sua orelha, toques sem precisao, olhares trocados, e sem contar que Olívia sentia o olhar dela em seus seios lhe despertando ainda mais sensações em seu interior, Olívia sentia tudo isso calafrios subir lhe o corpo, sentir seus labios ficarem secos prescisando sempre de molha-lhos com sua lingua, sua respiracao parecia ser mais alta que de todos ali sentados a volta delas duas, o clima do teatro estava mexendo com suas sensacoes, é
É prescisava ir ao banheiro
...
Voltando do Banheiro Olívia encontra com Amy no corredor do banheiro,é Amy lhe apresenta Sarah, "uma amiga"
Era tao charmosa e bem vestida que Olívia acabou sentindo ciumes pela forma como Amy estava olhando aquela "sarah"
Após se despedirem Sarah vai embora... Deixando elas a sos, o expetaculo ja tinha terminado, por isso que Amy a esperava no lado de fora do banheiro...
Amy conta para Olívia sobre aquele dia no shopping, e o quanto queria ve-la novamente Após esse passeio entre elas, ja que foi tao maravilhoso...
Após sairem do teatro elas passam um tempo dentro do carro de Amy conversando, Olívia sentia uma enorme necessidade de querer é pedir um beijo, mas seu medo de receber um NÃO seria bastante constrangedor...Ou não?
Ja se despedindo ENTRE ELAS, no momento em que Olívia iria abracar Amy, seus rostos se esbarram e o instito de atracao entre elas ficou elevado, deixando seus labios se tocaram levemente, num beijo calmo e sereno, apenas aprecisando a texteura daqueles labios convidativos entre elas, coladas naquele instante num aconchego
No momento em que Olívia aprofundou em sua boca, Amy queria mais, mais rapido, mas profundo, mas ela era delicada, principalmente quando sentiu aqueles dedos delicados lhe segurando em seu pescoco
Olívia era muito certinha e discreta, em suas conversas não tinha nada em relacao aos seus relacionamento ou falando muito de si mesma, muito menos sobre como era fora do virtual, seria falta de educacao fazer a ela tantas perguntas num primeiro encontro para ela?
___Quero você Amy...
Após ouvir isso Olívia, Amy interrompeu seu beijos, fitando os olhos de Olívia, tentando entender se tinha ouvido ela falar aquilo ou era o que? É sim, ela queria realmente aquilo, Olívia repetiu novamente olhando em seus olhos
___Quero você Amy...
Amy pergunta,
___Quer ir pra minha casa?
Olívia estava bastante nervosa, ERA seu primeiro beijo com uma mulher, e por mais que tinha medo de se abrir para Amy, sua vida necessitava de momentos novos e acontecimentos que a fizessem se sentir como no inicio da tarde com Amy, ESPECIAL, UNICA, é simplismente sendo ela mesma, sem se importar com o que os outros acham ou vão falar dela
É claro ela não queria que aquele dia com Amy acabasse, não daquele jeito...realmente
Na casa de Amy era um ambiente bastante diferente do de Olívia, e no momento em que Amy a arrastou ate seu quarto se sentia feliz por estar com ela ali,
As duas de frente com a outra se entre olham naquele clima de excitacao, desajeitada com o que teria que fazer ou não Olívia fala olhando Amy
___Eu nunca fiz isso antes Amy, não sei por onde comecar...
Abaixando o olhar com vergonha daquela situacao, Amy ja tinha notado isso por causa daquele beijo, beijo bastante "inocente" é delicioso e claro
Respondendo ao levantar o rosto de Olívia,
____Não fique nervosa, confie em mim, você é tao linda que quero você desfrute de tudo que vamos fazer agora, sem pressa, sem medo, sem receio e fique tranquila siga seus institos e o que você se sentir avontade e que esteja gostando quero que me fale, que me mostre que esta apresciando, caso contrario eu paro na hora , tudo bem pra você?

Acenando que tinha entendido perfeitamente...Olívia apenas a observa
Seu coracao estava acelerado e suas maos soadas, era nervosismo ou não, mais no momento que sentiu aquela boca sobre a sua, não pode fazer nada alem de sentir movimentos sobre eles, beijos com ternura que fez com que Olívia entre abrisse seus labios, convidando Amy a seguir mais um passo, mas seu recuo foi bem mais maravilhoso beijos se seguiram em seu pescoso, rosto, entre seus seios, deixando Amy lhe despir todinha, roupa Após roupa, sobrando apenas sua calcinha, conforme Olívia foi sentindo aqueles labios contornando todo seu corpo ficava cada vez mais dificil segurar sua vontade de querer mais, as sensacoes ineditas que fazia Olívia se contorcer, e soltar pequenos e baixos gemidos inofensivos
Sua pele era macia, que fazia Amy sentir aquela enorme vontade de morder entre seus dentes, mas necessitava satisfazela primeiro, era presciso, mas a tentacao era crescente, o olhar dela ja lhe despertava uma forte vibracao entre seu ponto pulsante entre seu interior, aqueles seios cabiriam perfeitamente em sua boca, mas no momento em que provocou seus mamilos entre a linha e seus dentes foi de tirar o folego de Olívia, ela se deixou cair na cama de Amy, seu corpo estava em erupcao concerteza, senti-la quente de baixo de si era um tormento, mais lentamente Amy foi lhe percorrendo o caminho a baixo, rocando levemente seus labios entre as pernas de Olívia
Olhar para baixo e sentir que aquilo foi de fazer Olívia morder seu dedo de tanta excitante era aquele momento
Amy lhe experimentava toda, sem pressa, mas no momento em que Olívia lhe segurou a colocando por baixo de si, pode apenas sentar em sua boca, Olívia sentiu necessidade excessiva de fazer aquilo, e cada movimento de seus quadris fazia desejar mais, chegando forte uma explosao de reacoes dentro de si, seu tremor foi intenso, ainda mais quando sentiu dedos dentro de si, levando ao delirio novamente...novamente
Amy não conseguiu resistir também, ve-la em cima de sua boca, lingua, labios lhe fez ser selvagem e carinhosa ao mesmo tempo, a intensidade daquilo lhe despertou muita coisa, querendo apenas ve-la gozar ainda mais por cima de si, não so aquela vez, mas em outras noites como aquela talvez?
Após voltarem a respiração tranquila, ambas estao deitadas sobre a cama, uma olhando para outra, sem dizerem quase nada, apenas se entre olhando
Amy vendo a profundidade das emoções inteferir no que aconteceria "entre elas" Após esse primeiro encontro ela tenta intorrope essa "coisa", Olívia estava tao corada que mesmo Após ter sua respiração recuperada ainda sim estava tao linda e vermelha de desejo, sua pele era tao clara que a luz do quarto a fazia parecer ser de porcelana, cabelos grudados em sua testa, Amy percebeu que se não desse um jeito iria acabar se apaixonando por ela...
Olívia percebe que com certeza ela estaria com algo errado em seu rosto, ja que Amy a olhava como se estive.
___Tem alguma coisa de errado no meu Rosto Amy?
Saindo dessa "ilusão", Amy responde sem querer mostrar realmente o que era...
___Claro que não...Eu so estava pensando no quanto você "Fica linda como moranguinho, vermelhinha, vermelhinha" rsrs
Olívia a interrompe, falando baixinho em seu ouvido, com um leve som de sua voz rouca e sedutora-mente quente lhe deixando arrepiada naquele mesmo instante
___Suuuuuurrrr, Faça comigo o que você faz com um morango entao...
Fim...



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.