"Os mais excitantes contos eróticos"


Minha esposa pediu a pica do f


autor: wk1wk2wk3wk4
publicado em: 31/01/16
categoria: grupal
leituras: 39223
ver notas
Fonte: maior > menor


Bem, para aqueles que ainda não leram os meus contos anteriores eu sou casado a 5 anos, minha esposa tem 40 anos, é baixinha, 1,55, morena, coxas grossas, buceta rosadinha, bunda gostosa e gulosinha por pica de macho, e seios fartos.
Esse conto se passa no sábado, dia que ou vamos para praia tomar um solzinho ou ficamos em casa e minha esposa toma sol no quintal de casa. Como moramos num sobrado e ao lado são outros sobrados, dependendo da posição que se toma sol os vizinhos conseguem ve-la tomando sol.
Como agora minha esposa já virou praticamente uma mulher do mundo ela toma sol sem a parte de cima, nem a de baixo, assim ela pode ficar totalmente sem marquinha, o que deixa a bucetinha dela mais linda ainda.
Neste sábado enquanto ela tomava seu banho de sol percebeu que na janela ao lado o filho do vizinho, que tinha aproximadamente 18 anos eu acho, a olhava peladinha tomando solzinho na xereca. O rapaz tinha cada de tímido, por isso a olhava escondido, mas qual ela percebeu ai que arreganhava mais as pernas. Levantou a cadeira de praia, virou as pernas para o lado da janela dele e se deito com os joelhos levantados e abertos quase como um franguinho assado.
Quando fui levar a cerveja para ela, percebi que estava toda assanhadinha para o vizinho. Perguntei: - Não tem vergonha não de ficar nessa posição, o vizinho pode ve-la?
- O vizinho está viajando, ele não pode ver. Já o seu filhinho está me observando a uma meia hora, e acho que ele gostou. Chama ele para mim, chama.
Como bom corno manso, fui na casa do vizinho, toquei a campanhia, e daqui a pouco sai o rapaz, 18 anos, magro, mas com algum musculo, acho que fazia academia, alto com quase 1.90, tinha o pé enorme e já imaginei o tamanha da jeba para minha esposa.
- Bom dia, minha esposa disse que você a estava observando pela janela (a cara dele ficou totalmente vermelha na hora). – Dei um pausa e continuei – Ela perguntou se você não quer ver mais de pertinho?
O rapaz não sabia o que fazer. Disse-lhe então:
- Não se preocupa não, eu gosto de ver minha mulher sendo comido por outros homens. Vai ficar de boa.
- Tá já vou.
O rapaz era muito tímido, fiquei só imaginando o que minha esposa iria fazer com ele. Trouxe ele para sala e chamei a putinha que veio prontamente e peladinha.
- Oi, percebi que você estava de olho nisso – apontando para bucetinha dela. – Então, não quer experimentar?
Fui buscar a câmera e quando voltei minha esposa já estava mamando na rola do garoto. E que rola, tinha uns 18 centímetros e ainda estava meio mole. Dali a pouco a pica começa a crescer na boa da minha safadinha. Acho que chegou a uns 20/21 centimetros. A maior que minha esposa tinha visto até então. Ela chupava igual uma puta, babando tudo no saco do garoto, que ia a loucura. Como o garoto não falava nada, enquanto eu tirava fotos chingava minha esposinha:
- Vai sua puta, chupa a pica do vizinho, não é disso que você gosta, rola grande na bola. Chupa igual a uma piranha que você é. – Sei que isso deixa minha esposa molhadinha – Quero ver você engolir toda essa piroca, quero ver. – Ela tentanva, mas a rola era muito grande.
- Dali a pouco ela tira da boca, senta em cima e começa a cavalgar na piroca do garoto, sem nem colocar camisinha – Disse-me depois que só fez isso porque sabia que ele era virgem – Não demorou muito e o garoto a esporro toda. E quanta porra tinha naquela saco.
Ela se levanta, vem até minha e fala. - Tira foto mor, da porra do vizinha na buceta da sua esposa. – Ela sabe que eu não gosto de lamber porra de homem, mas fico muito excitado de ver a porra espalhada no corpo dela.
- Gostou da vizinha? – pergunta ela ao rapaz – Na próxima vez você vem para comer o meu cuzinho, está bom.
O garoto saiu com o sorriso de um lado ao outro. E já mais safadinho pergunta: - Posso trazer uns amigos?
Respondi na lada: - Só se for hoje.
- Hoje?? Respondeu supreso.
- É hoje as 22:00. – Sabíamos que ele estava sozinho e desta vez marcamos na casa dele.
Chegando lá era uns 4 garotos, todos novinhos como ele, sei lá 18,19 anos. Acho que eram da mesma turma da faculdade. Só sei que foi pica para todo lado. Enquanto minha esposa chupava uma pica outro enrabava pelos fundos. Putaria total, os garotos já eram mais saidinhos e chamavam minha esposa de “puta do vizinho”. Cada vez que alguém a chama de puta, mais ela se abre. Só que dessa vez ela colocou camisinha em todos.
No final, depois de todos a comeram na buceta, enrabarem o seu cuzinho e gozarem muito ela esparramou toda a porra pelo seu peitinho, e tirou uma linda foto com as pernas apernas enquanto dos meninos a seguram 2 de cada lado. E os seios cheio de porra esparramando para todo lado.
E agora chegamos a 29 macho que faturaram minha esposa depois de ela se tornar mulher do mundo!
E vida boa!






ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.