"Os mais excitantes contos eróticos"


Uma mudança inesperada


autor: JonahFrost
publicado em: 22/11/15
categoria: hetero
leituras: 33701
ver notas
Fonte: maior > menor


Após Scarlett arrumar seu apartamento, olhou para o espelho encostado na parede que trouxera de casa, e, espantada com seu reflexo, percebeu que precisava imediatamente de um banho, pois encontrava-se suada e malcheirosa, e seus lindos e sedosos cabelos loiros cor-de-ouro já não podiam mais ser vistos como sedosos. Então ela pegou uma toalha, pendurou na parede do banheiro e deixou a água encher a banheira enquanto buscava algum lugar para guardar sua roupa suja. Quando o banho estava pronto, Let (como os amigos a chamavam na infância) começou a despir-se, jogou o cabelo para frente e retirou seu colar que ganhara de sua mãe, então tirou vagarosamente sua blusa branca, ficando somente com seu sutiã de bordas pretas e coloração vermelho escuro, algo mais parecido com uma lingerie; então começou a desabotoar a calça e abaixar o zíper, teve um pouco de trabalho ao retirá-la, pois grudava em sua pele.

Encontrava-se quase pronta para o banho quando viu-se novamente no espelho e, como um flash de memória, não conseguiu acreditar que tanto tempo se passara e que agora, aos 18, tornara-se uma mulher linda, sexy e sinônimo de beleza com suas curvas perfeitas e delineadas, observava no espelho como seus seios haviam crescido, seu bumbum havia assumido uma forma linda e perfeita, suas coxas haviam engrossado e se tornaram lindas, nada mais de "graveto de jardim", agora era uma mulher completa.

Ao entrar na banheira, pôs vagarosamente seu pé esquerdo, para ter certeza que não ia se queimar, e vendo que a temperatura estava nem quente nem fria, entrou de corpo inteiro, então começou a se limpar, passando o sabonete pelo seu crescido corpo, removendo sua sujeira e seu suor, passou então o shampoo em seu macio cabelo para limpá-lo. E ao terminar de se limpar, resolveu ficar mais alguns minutos ali, para que pudesse relaxar diante de tanto estresse. Foi então que alguns pensamentos começaram a surgir em sua mente, pois, apesar de uma garota, agora mulher, exemplar, ela não era um poço de inocência, e desde os 16 buscava "conhecer" o próprio corpo.

Pensou então, "talvez eu devesse, isso com certeza vai me relaxar e me dar uma boa noite de sono, além de que é muito bom". Assim, começou a ficar mais relaxada, com a respiração leve e com o pensamento nas nuvens, então levou sua mão direita até o ombro e começou a massageá-lo levemente, e de pouco em pouco foi descendo, encontrando seu seio esquerdo, e agora, com seus olhos fechados, podia perceber o quanto ele era perfeito, e o quanto aquilo era bom, então começou a fazer lentos movimentos circulares em torno de seu perfeito mamilo, deixando-o cada vez mais duro, devido sua extrema excitação, então, com sua mão esquerda, começou a massagear seu ventre e sua virilha, lançando vários gemidos silenciosos; "Isso, isso é, é ótimo, essa sensação é maravilhosa, eu, eu estou adorando", então começou a massagear sua vagina, que ainda era linda e apertada, pois ela era virgem, e com um simples dedo ela subia, e descia, sem usá-lo para penetrar...

Aaaahh, uuuuh, ai, como é bom, uuuih, aaah, ah, ah!

Continuava ela com seus movimentos circulares, e a cada vez ela gemia, com sua voz macia, seu gemido perfeito e melódico, o gemido mais perfeito de todos, então começava a gemer mais e mais, ficando cada vez mais e mais excitada, sua vagina estava extremamente excitada, a sensação, maravilhosa, seus dedos frágeis não conseguiam parar, fazendo círculos em sua vagina cada vez mais depressa, até que ela começa a tremê-los da esquerda para a direita, suas pernas começam a se contorcer, e quanto mais rápido ia, mais alto ela gemia com seu prazer íntimo.

Aaaaaah!!! Ah, ah, ah, aaaah meu Deus!!! Não vou, aah, aguentar muito, uuh, mais, aaaaaah!!!!!

Saindo quase como um grito, seu último gemido de prazer, pois encontrava-se agora no seu momento delicioso de orgasmo, e ela simplesmente não conhecia sensação melhor, e ela gemia baixo enquanto suas coxas grossas tremiam e seu abdômen se contorcia, seus dedos, melados com seu próprio gozo, e sua vagina, cansada, gozada, expelindo o gozo remanescente, extinguindo-se com seu último gemido, e lá estava ela, cansada, relaxada e deliciada com sua masturbação que a levou ao poder máximo, não estivesse ainda na banheira, estaria toda suada de novo.

Então ela resolve se levantar, com os músculos da perna cansados e fracos, com um sono gigantesco e uma lembrança ótima do que acabara de acontecer há exatos 5 minutos, ela veste um sutiã, que encontrava-se pequeno para seus seios, mas que ainda lhe servia, vermelho e com bordados transparentes, deixando ainda mais sexy, e sua calcinha era a mesma coisa, com a parte bordada em torno de seu quadril e uma parte de cor sólida para cobrir suas partes íntimas, estava extremamente sexy, mas estava se preparando para dormir, somente. Então escovou os dentes, pegou suas pantufas e deitou-se na cama com a barriga para cima, com um sorriso no rosto e um pensamento leve, cobriu-se com um leve edredom e foi dormir, completamente relaxada, se preparando para o próximo dia, o primeiro dia da faculdade...



parte prévia:wattpad.com/187567321-em-busca-do-prazer-uma-mudan%C3%A7a-inesperada



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.