"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Bem vindo vizinho(e um amigo) Parte4 FIN


autor: Lola89
publicado em: 01/02/17
categoria: hetero
leituras: 1444
ver notas
Fonte: maior > menor


*Voltei Gente, desculpem a demora pra publicar o fim do texto. Problemas pessoais*

Chupava o Henri da forma mais deliciosa possível enquanto o Gui nos olhava. Fazia um sexo oral com toda vontade do mundo olhando nos olhos dele que transparecia uma mistura de surpresa com felicidade e tesão.
Ele me levantou segurando meu cabelo e me beijou loucamente.. Me afastou por um instante, me olhou nos olhos e deu um sorriso de canto e disse:
- Vocês são loucos !
Dei meu sorriso mais safado em aprovação.
O Gui que estava na cama tocando uma punheta disse:
- Vamos comer essa puta agora !
O Henri me carregou e eu entrelacei minhas pernas na sua cintura e ele me sentou na cama. Gui tirou meu short e me deitou na cama. Desceu beijos molhados por todo meu corpo, senti meu corpo estremecer quando ele penetrou a língua na minha buceta que ja estava molhada e latejando. Enquanto o Gui se deliciava com minha buceta, o Henri preenchia minha boca com aquele pau maravilhoso..
-Coloca tudo na boca cachorrinha, vid chupa com vontade bebê
Amava aquela sensacão de chupar e ser chupada ao mesmo tempo. O Gui me olhava com uma cara de maldade que me dava arrepios .. Parou de chupar e m disse
- vou deixar você escolher a primeira posição que quer ser comida
- de quatro- respondi
Então o Gui pegou um lubrificante no guarda- roupa e disse:
- Esse cuzinho vai ser meu primeiro
Estremeci. Tinha medo que fosse muito agressivo e me fizesse sentir dor.. Me colocou de quatro e enfiou lubrificante no meu cuzinho que piscava de ansiedade.
Fez um pouco de carinho com o polegar e me enfiou lentamente.. Dei um grito, o Gui disse:
-Mano, preenche a boca dela enquanto como esse cú!
-Pode deixar que eu vou foder essa boca
Agora estava sendo fodida no cú e na boca...
-Uuummmmm uuuummmmm gemia com o pau dentro da boca
Levei uns tapas na bunda, na cara, eles me chamavam de cachorra, puta, safada.. O Gui comia meu cú, tão gostosinho.. Estava enlouquecendo. Não queria que ele parasse. Tirei o pau do Henri da boca e falei gemendo:
- Come meu cuzinho vai, isso amor, não para vai, arromba meu cuzinho amor
O Henri punhetava o pau na direção da minha boca, o Gui comia meu cú num ritmo frenetico e eu tocava siririca pedindo pro Henri: Dá esse leitinho na minha boca dá, e você goze no meu cuzinho vai, que delicia..
Não demorou e gozamos os 3 juntos..
Ficamos um tempo deitados em silêncio, ofegantes, quando Henri disse:
-minha vez de comer você!
Pulou pra cima de mim e enfiou aquele pauu imenso na minha buceta,dava estocadas fortes..
-come essa buceta vai meu negão, come vaaai aaai aaaai minha buceta
Enquanto isso o Gui punhetava o pau pra me comer também.
O Henri me virou de forma que eu ficasse deitada por cima dele e então senti meu cú sendo penetrado outra vez.. Agora sim, os dois estavam me fodendo como eu queria. Eu berrava de prazer
-Isso, me arromba, que delicia, isso vaaai aai que gostoso
Trocaram de posição, agora o Henri tava arrombando meu cú!
Ficamos assim um tempo, eu sendo arrombada por dois homens maravilhosos. Terminei deitada, com os dois gozando na minha cara!
Tomamos um banho os três. Naquele dia o Gui dormiu comigo e o Henri na casa dele... E fiquei com as lembranças daquela foda maravilhosa!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.