"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Um negão e um moreno me comeram. . .


autor: luah
publicado em: 07/12/16
categoria: aventura
leituras: 6366
ver notas
Fonte: maior > menor


Carente, estava num site de relacionamentos procurando por um homem de bom papo quando encontrei o perfil daquele moreno alto, de sorriso lindo e olhar cativante e tive que curtir e tentar a sorte, alguns dias se passaram e percebi que ele também curtiu o meu perfil e deixou uma mensagem de bom dia , que nem reparei ao certo de tanta ansiedade que fiquei em responder, logo fui fazendo perguntas e o papo foi ficando envolvente e se passou a ser frequente por vezes com amizade e companheirismo e por outras com trocas picantes e envolventes de desejos.


Não podendo deixar de ser, um encontro foi marcado, precisavam constatar que tantas coisas que aconteciam nas suas conversas eram fato reais, ele precavido pediu a um amigo que ficasse por perto de um motel que tinham marcado, e assim que cheguei pedi uma suíte simples pois sabia que nada de sexo era previsto, mesmo que um sexo virtual já tivesse acontecido anteriormente.


Passado alguns minutos, o moreno chegou e me abraçou gostoso com total respeito e começou um papo muito tranquilo que me mantive segurando os desejos todavia me contive até ver o seu sorriso brotar com uma mordida de lábios e levantou da beirada da cama e com os olhos apontou pro seu gostoso que não me contive em tirar da calça social dele e abocanhar chupando, uma rola deliciosa que latejava e as veias pulsavam forte enquanto eu lambia, mordiscava, tocando pra ele, submissa e totalmente entregue, ele se deliciava ao ser mamado e digitava algo ao celular que fora rápido e segurava com força meus cabelos, conduzindo com força os movimentos da minha chupada e enfiando a pica até o talo e assim uns trinta minutos se passaram e eu percebi que ele estava quase gozando com as mamadas quando me mandou parar.


Me levantando e olhando nos meus olhos, tirou meu vestido mordeu meus seios ao tirar minha peça intima e apertou meu corpo contra o dele com força ao me devorar meus lábios enquanto passeava a mão por cima da calcinha apertando a minha buceta e quase arrancando com a mão e travando o resto do corpo pela cintura me dominando.


-Você é minha puta e vai fazer exatamente o que eu mandar, sem reclamar.


Ao dizer aquilo no meu ouvido, ele tirou minha calcinha e enfiou um dedo na minha buceta que já estava encharcada e pronta pra ser comida , levantando meu corpo e me jogou na cama me afastando enquanto tirava sua blusa exibindo seu peitoral delicioso e tirou a calça e a cueca, ordenando que eu ficasse só olhando, parecia que ganhava tempo ou me torturava de propósito, nada poderia fazer além de obedecer.


Mandou chupar a pica dele e deixar molhada e logo me virou de quatro e me traçou sem pudor, arregaçou minha buceta sem perdão até o talo me fazendo gritar socando com força por um tempo e eu me deliciando mas ele parou e tirou a pica , olhou no relógio e sentou na poltrona se tocando como se eu não estivesse ali, me fazendo ficar louca e começar a me tocar de pernas abertas olhando pra cara dele sorrindo.


-Tenho uma surpresa pra você minha vadia !!!


Ouvi o barulho da porta abrindo , meu corpo tremeu e entra no quarto outro homem negro, de camiseta e bermuda, sorrindo e ficando de pau duro ao me ver arreganhada na cama e já foi tirando um pênis enorme da bermuda e abrindo minhas pernas e obedecendo as ordens do moreno que me ofereceu pra ele que chegou me chupando a buceta e travando meu corpo com tamanha força que não havia como sair, ele chupava devorando e logo enfiou um longo dedo e girou logo tirando e me tarando na posição mais conhecida do papai e mamãe prendendo meu quadril enquanto era vigiado assim se passaram alguns minutos quando ele me girou na cama e me colocou de quatro continuando devorando minha buceta, me colocando de cara na pica do moreno.


- Chupa cadela seu dono, sua puta !!!


A sensação era maravilhosa de ter duas picas, devorando com a boca e com a buceta fazia o corpo queimar de tesão, a buceta melava cada vez mais e a boca salivava, o negão não perdoava e batia na bunda comendo a buceta com força enquanto o moreno puxava meus cabelos e socava a pica na minha garganta me tirando o ar, eles suavam e gemiam.


- Vai sentir o seu gosto sua cachorra , chupa o negão!!! Me dá seu rabo agora, quero essa buceta !!!


Grosseiramente girada me deparei com a tora preta que ele batia na minha cara e me fez chupar todinha e deixar limpinha enquanto o moreno comia minha buceta enfiando o dedo no meu cuzinho e foi com dois alargando a entrada sem pudor.


O negão abaixou o corpo e me beijou a boca enquanto deitava por baixo de mim sorrindo ele perguntou :


- Tá cansada Luah ? Quer que eu faça devagarinho pra você descansar ? Vem aqui deitar em cima de mim !!! - O negão ordenou e olhou pro moreno que se afastou.


Docemente me colocou pra cavalgar na sua tora, me abraçou todo corpo e começou uma massagem pelas costas com um gel delicioso que fez meu corpo relaxar enquanto cavalgava e o moreno continuava a se tocar.


Com o corpo abraçado ao negão, senti o moreno passar a mão com carinho, o que era delicioso e o gel ele começou a espalhar pela bunda quando enfiou dois dedos no meu cuzinho e ordenou que deveria empinar a bunda e com as pernas afastafas ele enfiou a pika rompendo as pregas e arrombando tudo e eu só gritei com aquela dor louca e fui segurada pelo negão que travou meu corpo enquanto os dois me comeram e ele tampava minha boca me fazendo totalmente submissa, nada falava e só me arrombaram todinha, o suor escorria do moreno nas minhas costas, eles socaram com força e sem piedade quando o moreno ordenou:


- Vamos gozar juntos !!!


As penetradas aumentaram a velocidade, junto com meu gemidos e os palavrões que eles começaram a falar, me chamando de puta, vadia, cachorra, gostosa do caralho !!!


E o gozo veio, tundo junto parecia cena de filme pôrno, se misturaram e o moreno tirou sua pica primeiro e me levantou tirando de cima do negão e beijando minha boca e segurando meu corpo qye tremia todo depois de gozar.


-Leva ela pro banho negão, suas pernas estão descansadas!!!


O negão me levou pro banho e abriu o chuveiro enquanto estava sentada no vaso, verificou a temperatura da água e me ensabuou e me deu literalmente o banho e lavou minha buceta enquanto tocava se aproveitando de mim com delicadeza e me sentiu gizar novamente no dedo dele e pirou, nunca tinha visto isso.


Avisou o moreno que eu ainda estava gozando e riram junto comigo enquanto ele tomava o banho e logo me secou e me colocou na cama que o moreno já tinha arrumado e sentou do meu lado me oferecendo uma garrafa de água.


O moreno foi tomar banho e o silêncio tomou conta do local pois nada sabia sobre aquele negro além de que era gostoso e que sua pica era enorme e roliça.


Voltando do banho o moreno sorriu e me beijou levemente a minha boca e foi abrindo minhas pernas observando a minha buceta e meu cuzinho, se deliciando com eles abertos e tocou enquanto olhava na cara do negão e depois chupou gostoso.


-Essa mulher é minha !!! Ela só vai conversar comigo e você só toca nela se eu quiser negão !!!


Assim olhou pra Luah que estava ofegante e quieta com carinha de mulher saciada e mandou o negão ir embora, o que ele obedeceu de boa agradecendo a aventura e logo vestiu sua roupa olhando diretamente pra mim e me deu um beijo na testa e se foi.


Sozinha com o moreno, ele veio sorrindo com cara de menino e se aconchegou nos meus braços e indagou:


-Gostou da surpresa minha Dama ? Tinha que te presentiar e assim será quantas vezes você desejar pois seus encantos são todos meus agora. Na próxima vez será uma mulher , na outra será um casal e sempre iremos viver algo diferente. Não posso midar minha vida mas posso te oferecer coisas únicas minha gostosa !!!


Aguardando uma resposta minha, levei sua mão a minha buceta e gozei nela, ele ia tirando e gozei denovo . Mandei ele chupar meu gozo e sentir minha resposta logo sacramentei nosso contrato num beijo muito gozado.






ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.