"Os mais excitantes contos eróticos"


A Menina dos Titios.


autor: Sandrinha10
publicado em: 23/07/16
categoria: hetero
leituras: 8833
ver notas
Fonte: maior > menor


Sou de uma família com uma educação tradicional, só eu de mulher e mais três irmãos, parte da família da minha mãe no sul do país e a do meu pai parte em São Paulo e em Minas. Meus pais nunca falaram de sexo comigo e na minha infância não tinha internet e todas essas coisas de hoje
Meu falecido pai tem um irmão, ou seja, meu tio, que depois de um tempo percebi o porquê dos seus olhares diferentes para mim, quando nova íamos muito juntos para a praia ou até mesmo nadar na casa da minha avó, aos finais de semana ao lado da minha casa.
Num desses dias, um dos meus irmãos se machucou e todos correram com ele para o hospital, acabou ficando somente meu tio e eu na casa dos meus avós, ai meu tio disse que cuidava de mim, para eles irem tranquilos.
Sai da água e fui ao banheiro, quando sai do banheiro meu tio estava na porta do banheiro com a sunga arriada e o pinto para fora, achei estranho e ele desconversando disse eu estava tão apertado que já fui tirando ele para fora, me esqueci de que você estava aqui.
Ai sentei na sala e ele saiu com a sunga ainda arriada, ai chegando perto de mim ele disse você já brincou de casinha, mas de pai e mamãe junto? É tão legal não quer brincar com o titio, mostrando o pinto ele disse se você pegar nele ele cresce. Você gosta de chupar sorvete? Se você por a boca nele e chupar vai o sentir crescer, é como chupar sorvete e depois ele despeja leitinho na sua boca, achei tudo muito estranho.
Ai ele disse, ouvi falando com seu pai que você gostaria de ir num passeio com os amigos da escola e não tem como seu pai pagar agora, vamos fazer um trato eu te ajudo, te dou o dinheiro mais ninguém pode saber, se você pegar nele e por na boca eu te dou o dinheiro, mas tem que deixar na boca até sair o leitinho, pensei, repensei e cheguei a conclusão, poxa eu quero ir muito nesse passeio, meu pai não tem dinheiro, não custa nada fazer isso, pode não parecer mas não pensei no que poderia acontecer depois .
Peguei no pinto do meu tio, afinal era como chamávamos o membro do homem antes e sem saber bem bati uma para ele e paguei o meu primeiro boquete, ele gozou na minha boca aquele leite viscoso, quente e amargo e me fez engolir.
Ai ele pegou o dinheiro e me deu, ai pegando mais uma nota de um valor considerável para época, ele disse, o titio da mais essa nota se você ficar só de calcinha e sutiã para o titio ver e eu disse não, ai ele insistiu disse que era só ver e eu ingênua pensei no dinheiro e deixei, não sou alta pelo contrario, mas sempre fui peitudinha e bundudinha, ai teve uma hora que ele me pediu para ficar de costas para ele, que ele queria ver atrás.
Ai de repente senti suas mãos nas minhas ancas e ele puxando meu corpo contra o dele, tentei sair, mas ele era mais forte e colocou seu pinto entre minhas coxas e começou a me encoxar num movimento de vai e vem, eu tentava sair e não conseguia até que ele gozou nas minhas coxas e na minha calcinha, ai ele me deu o dinheiro e eu sai correndo para o banheiro.
Isso nunca mais aconteceu, eu me casei mudei de cidade e quando estava com 40 anos acabei me separando e voltando para a capital com dois filhos, ai tinha um outro tio meu, casado com a irmã de minha mãe que sempre me tratava de forma muito carinhosa também quando eu era pequena, mas nunca tentou nada,tudo que dava para as filhas dava para mim, olha Sandrinha o que o titio trouxe para você.
Ai num determinado dia minha tia quebrou a perna e teve que fazer uma cirurgia, as minhas primas todas moravam em outro estado, só tinha eu para ficar com ela, deixei meus filhos com a minha ex-sogra. A noite como estava muito quente dormi só de shortinho e blusinha, mas como havia dito sempre tive os peitos e o bumbum avantajado e esse tarje mal cobria meu corpo.
No meio da noite me levantei para ir beber água e quem chega atrás de mim? Sim meu tio, ele chegou por traz de mim roçando sua rola no meu bumbum, me virei para reclamar e percebi que ele estava só de cueca samba canção bem fina, com abertura frontal e a cabeça do pau aparecendo.
Eu brava disse que é isso tio esta louco? E ele disse desculpe Sandrinha fui pegar um copo aqui em cima e por isso rocei em você, me perdoe, é que você com todo respeito é muito gostosa e sua tia e eu já não temos nada de sexo faz tempo,me desculpe eu me excedi,mas seu ex-marido com todo respeito é muito bobo deixar um mulherão desse assim a solta, você é muito linda, atraente e me desculpe gostosa.
Aposto que deve estar muito carente, é um desperdício deixar um mulherão desse carente e o safado era experiente, tinha boa lábia foi falando ao mesmo tempo coisa bonitas e safadas e quando dei por mim, nós já estávamos fora da casa num galpão que ele tinha uma marcenaria.
Logo ele estava me beijando tirando minha roupa e eu completamente entregue depois começou a bater um arrependimento ou medo de minha tia nos pegar ai meu tio me lembrou só tem nós três aqui em casa, sua tia com o pé quebrado não pode se levantar, ele estava certo, ai eu carente me entreguei por completo a ele.
Ai meu tio colocou a rola para fora da samba canção e só olhou para mim, nem precisou falar o que queria e logo eu estava mamando a rola dele, essa era a segunda vez que eu mamava a rola de um tio meu.
E ele ia a loucura, ai Sandrinha chupa a rola do titio, passa a linguinha na cabecinha dele, e eu fazia o que ele pedia e ele se contorcia de tesão, ai que delicia desse jeito o titio vai acabar despejando porra nessa sua boquinha linda, e eu disse pode gozar, passou um tempo e estava sentindo novamente a porra de um tio meu na boca.
Ela não parou mesmo depois de gozar, arrancou toda a minha roupa e começou a me chupar inteira, primeiro meus peitões e depois chegando no meu bucetão, e o safado sabia dar um trato com a língua, foi umas das melhores chupadas que me deram, eu tentava me segurar para não gemer e falar alto para não chamar atenção da minha tia, mesmo estando fora da casa, mas tinha horas que não tinha como não gemer alto e comecei a dizer: Vai tio, seu safado chupa esse meu bucetão caralho, que língua gostosa,fode minha buceta com essa língua e logo eu estava gozando na língua dele.
Pensei que ele iria sossegar mas não ele me puxou-me pelas mãos e me levou até o fundo do galpão e me fez curvar o corpo para traz roçando meus peitões numa imensa bancada eu já sabia o que ele queria e o que ia acontecer, eu já estava ensopada e bem lubrificada pela língua dele, e sem muita dificuldade logo toda a rola do meu tio estava dentro do meu bucetão, e como o filha da puta sabia comer uma buceta.
Meu tio ia a loucura dentro de mim, e dizia, ai Sandrinha sempre sonhei com esse dia, que bucetão quente gostoso e inchado você tem. quero foder ele mais vezes, puta que pariu o seu bucetão é o melhor de todos que eu comi até hoje e olha que já foram muitos.
E eu para não ficar longe disse o senhor é um titio muito safado, mas eu estou adorando ser fodida pelo senhor, vai fode com força me bucetão e ele começou a acelerar os movimentos e me levando a loucura, eu comecei a dizer vai caralho, seu filho da puta, fode o bucetão da sua sobrinha com força, vai se puto sem vergonha, não era isso que queria seu safado tanto fez que conseguiu, mostra o quanto você e macho e sabe foder uma buceta, estávamos tão fora de si, que esqueci que ele estava sem camisinha e eu já havia parado de tomar anticoncepcionais a um tempo, mas era tarde, logo meu bucetão esta sendo inundado com a porra do meu tio que era tanta que vazava por minhas coxas.
Meu que tesão, que foda, que loucura o que eu tinha feito, tive uma da melhores fodas minhas e com o meu tio, mas ele queria mais e eu não aguentava, ele só me deixou ir depois de prometer que nos encontraríamos outras vezes.
Depois de me lavar, já deitada na cama, pensei em tudo que tínhamos feito, que loucura, que delicia, mas me lembrei que ele havia gozado dentro de mim. A sorte que tinha uma farmácia próxima a casa da minha tia que não me conheciam, logo cedo comprei e tomei a pílula do dia seguinte.
Esse fato ultimo aconteceu a quase 18 anos atrás e só resolvi contar agora, pois no final de semana passado em viagem de férias, conversando com uma prima minha ela disse que o meu outro tio do início do conto havia feito a mesma coisa com ela. Quem quiser me contatar meu e=mail é: sandrinhaberdinazzi@outlook.com








ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.