"Os mais excitantes contos eróticos"


"VISITA" DE UM "ESTRANHO" MASS


autor: LOUCO POR ELA
publicado em: 10/09/15
categoria: hetero
leituras: 4580
ver notas
Fonte: maior > menor


Sou casado com uma diva morena clara, de 30 anos, 1,68 m, barriguinha lisinha, coxas torneadas, bumbum levantado, seios fartos, ou seja com um corpo escultura, resultado de longas sessões de malhação, onde ela faz questão de levantar pesos absurdos apenas para manter seu corpo saradíssimo.

Ela sempre teve um corpo perfeito, mas logo após nosso segundo filho ela fez uma cirurgia plástica e colocou 250 ml em cada protese dos seios. O que era maravilhoso, ficou perfeito.

O importante é contar que ela faz questão de sempre estar linda, cheirosa e gostosa. E eu adoro ve-la assim, o que me deixa com mais tesão ainda por ela.

Sempre tivemos um relação gostosa e quente, que satisfazia-nos, mas um dia, pensei em torna-la ainda mais quente, e, ao vê-la chegando em casa cansada de tanto malhar, perguntei-lhe se ela queria uma massagem.

Ela me disse que sim, mas que primeiro tomaria uma ducha.
Após o banho tomado, ela deitou-se em nossa cama, somente de toalha e mais nada.

Disse-lhe que , como não sabia massagear direito, havia contratado um massagista que iria lhe fazer uma sessão diferente.

Ela gostou da brincadeira e passou a fantasia-la junto comigo.

Apesar do massagista ser eu mesmo, começamos a conversar como se fossemos estranhos.

Ela ali, maravilhosa, toda nua, somente com uma toalha, conversando amenidades, e eu iniciando a massagem em seus deliciosos e lindos pés.

A brincadeira foi ganhando forma e senti que ela começou a ficar mais quente, gostando da massagem e fui subindo, passando pelo seu lindo e empinado bumbum, fazendo uma longa massagem nas suas costas, sendo que eu me posicionei sentado em cima de suas roliças coxas, com meu pau latejante proximo ao seu bumbum!!!

Ela notou imediatamente minha rola roçando seu bumbum e passou a ficar com a respiração mais ofegante.

Ai, dei inicio a proxima fase de minha fantasia e comecei a massagear seu bumbum, passando a lhe provocar, dizendo:

"Nossa, como a Senhora está sarada, seu marido deve adorar ter uma gostosa destas
em casa!!"

"Meu Deus, como ele consegue ficar proximo deste corpo escultural, e não lhe ataca-la!"

"Que bunda deliciosa!"

"Voce deve acabar com qualquer homem na cama!"

A brincadeira foi apimentando, e ela dizendo que realmente tinha fogo de sobra e com a respiração ainda mais rápida e ofegante, e passando a mexer bem devagarzinho seu quadril.

Voltei a massagem as suas costas, já com meu pau quase estourando minha roupa, continuando encostando-o e esfregando-o em seu bumbum.

Neste ponto, ela já tinha esquecido completamente a massagem, passando a rebolar e mexer seu quadril de forma fogosa.

Vi que estavamos fantasiando um sexo ardente, onde ambos tinham incorporado a idéia de que eramos realmente estranhos, eu um mero massagista e ela a madame que havia contratado meus trabalhos, mas que estava ganhando um trabalho extra.

Foi ai que ela pediu que meu pau massageasse sua bucetinha!!!! Pediu quase gemendo!!!!!

Que delicia ve-la assim!!!!! Urrando baixinho por um pau.

Disse-lhe que era profissional, e que não faria isso!

Ela não quis nem saber e de forma autoritária mandou que eu cumprisse sua ordem!

Falei: "Agora a Sra. é uma putinha e quer pau???"

Respondeu: "Quero, quero sim, faz uma massagem na minha bucetinha com seu pau!"

Diante deste pedido, resolvi servi-la de meus trabalhos e encostei minha rola quente e dura, latejante e vibrante naquela bucetinha pequenina, molhadissima.

Ela desmanchou-se, soltando um suspiro gostoso, cheio de tesão e de vontade de fuder.

Passamos a foder deliciosamente, falando palavras desconexas, ela pedindo mais, mais e mais!

Já toda tesuda, ela me dizia:

"Fode!!! Fode!!! Fode!!! Seu safado! Quero que você foda bem gostoso! To te pagando!"

E eu dizia:

"Voce quer é pau então!! Toma isto!! Toma gostosa! Sua putinha gostosa! Tesuda! Vagabunda!"

Ela passou a urrar alto! E eu socando gostoso!!!

Depois de gritos e muita fudeção, ela finalmente gozou, e, eu também!

Que gozo delicioso, tão tesudo que caimos em nossa cama e não conseguimos mais levantar!

Depois desta primeira experiencia fantasiosa, passei a ter outras transas criando situações que fazem nossa vida sexual ainda mais gostosa, mas... estas serão contadas em outra oportunidade.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.