"Os mais excitantes contos eróticos"

 

A gozada que esperei durante 6 anos.


autor: lulu_zinha
publicado em: 28/03/17
categoria: traição
leituras: 7064
ver notas


Olá gente, meu apelido por aqui será Lulu para ter um certo sigilo perante meu nome rs.
Vou contar uma história para vocês que aconteceu no ano passado e espero que vocês gostam. O nome do rapaz será fictício, para não gerar problemas futuros u.u
Conheci Pietro a praticamente 6 anos atrás na época do Orkut onde ele morava na cidade vizinha da minha na época eu tinha 14 anos e ele 17. Sabe aquele tipo de guri que você olha e pensa: que delicia de guri? Pois é. Porem, minha pouca idade e meus medos gigantescos fizeram com que eu não aceitasse os inúmeros pedidos de Pietro para nos encontrar. Nos distanciávamos por um tempo, mas a nossa ligação era maior e ficamos nessa até que nossos corações encontraram outras pessoas. Pietro até chegou a se casar neste meio tempo e eu apenas namorando. Confesso que no dia que vi pelo facebook que Pietro havia casado chorei horrores por ter perdido a oportunidade de ficar com aquele homem, ou melhor, achava que tinha perdido.
Por conta do destino no começo do ano passado (2016) em seu aniversário mandei parabéns bem fofinho por sinal e ele apenas curtiu o meu parabéns. Depois de umas semanas entrei no facebook dele e vi que as fotos, relacionamento com sua até então esposa tinha sumido. Comecei a stalkear curtindo as publicações dele até que ele me chamou no bate papo e perguntou o que eu estava querendo saber, então perguntei se ele tinha separado e ele disse que sim. Nossa, meu coração foi até a boca e voltou. Daí em diante não paramos de conversar, no começo tudo normal até então que nossa intimidade de sempre voltou a tona e as conversar começaram a esquentar. Confesso que toda vez que conversávamos minha buceta se encharcava de tesão e pedia por Pietro.
Pietro me convidou novamente para nos encontrar, como namorava precisava ser escondido, então combinamos e ele me pegou perto da faculdade e me levou em um morro de frente pro mar. Foi algo de novela ver aquele mar, aquele céu azul e aquele meu secreto amor/desejo ao meu lado. Confesso que Pietro me enrolou bastante e até vergonha de olhar nos meus olhos ele tinha enquanto conversávamos. Ele colocou músicas no celular para gente ouvir, então encostei minha cabeça em seu ombro. Quando levantei d eleve minha cabeça e olhei nos olhos deles e quando percebi minha boca foi de encontro ao dele. Que boca, que beijo. Confesso que de todas as bocas que beijei na minha vida a dele foi a melhor disparado. Beijo com pegada, com sede, com desejo, com tesão. E os beijos foram ficando cada vez mais quentes e nossas respirações ficaram muito ofegantes até que vi o seu volume na calça e não resisti passei a mão por cima daquele cacete grosso que estava louco para pular para fora daquela bermuda branca. Sem perder tempo as mãos deles já estavam em meus seios e mexendo no meu biquinho que entregava o meu tesão.
Ele abaixou a alça da minha blusa, que por sinal era bem decotada só pra provocar ele, e ele começou a mamar feito criança nos meus peitos. Aquilo foi me levando a loucura e eu não consegui mais controlar meu tesão. Arranquei minha blusa e ele soube bem o que fazer, tirou toda minha roupa e a dele e pulamos para o banco de trás onde ele foi descendo e começou a lamber minha bucetinha toda encharcada de tanto tesão. Pietro era o cara mais foda em sexo oral, ele subia descia, mordia, metia toda sua língua dentro da minha buceta, eu estava definitivamente sendo fodida pela língua maravilhosa dele. Não aguentei de tanto tesão e gozei gostoso na boca dele. Ahhh, que gozada. Coisa que meu namorado nunca tinha conseguido fazer.
A carinha de Pietro não enganava o que ele estava querendo. Sem nem precisar pedir, comecei a chupar gostoso aquele cacete que pulsava de tanto tesão. Fazia garganta profunda que era o que mais provocava gemidos deles, e Pietro começou a me chamar de vagabunda, cachorra, que ele só estava esperando esse dia pra me fuder inteira. Foi aí que intensifiquei as chupadas e Pietro gozou gostoso na minha boca. Engoli tudinho, o que fez aquele homem ficar com mais tesão. Nem precisou se recompor, Pietro já estava pronto pra me fuder do jeito que sempre sonhou. Como ele falou em uma de nossas conversas picantes que adorava uma mulher quicando em cima da pika dele, não perdi tempo e parti pra cima. Que PAU, aquilo foi me preenchendo e me rasgando inteira, minha buceta é muito apertadinha, até parece ser virgem. E não demorou muito pra mim não me controlar e começar a cavalgar e rebolar naquele pau delicioso. Pietro estava louco de tesão e os vidros do carro já estavam todos embaçados e nem ligávamos para o balançar que ele fazia. Fui sentando cada vez mais forte até que gozei gostoso naquela pica.
Pietro não perdeu tempo e me deitou e começou a socar o pau dele com todo na minha buceta e me xingava de tudo que vocês imaginam. Eu safada do jeito que sou, amo quando me xingam e Pietro estava caprichando. Pietro anunciou que ia gozar foi aí que pedi pra ele gozar tudo dentro porque queria sentir aquele leitinho gostoso preenchendo minha buceta. Quando Pietro ouviu isso não demorou 30 segundos e ele gozou com maestria, que gozada. Ficamos deitados abraçadinhos no banco de trás do carro até dar a hora de ir para faculdade. Desde então tentamos nos encontrar mais vezes mas devido aos nossos trabalhos não conseguimos. Nos afastamos um pouco, mas a vontade de repetir a doze nunca passa. E de vez enquanto dou umas belas gozadas pensando naquela tarde maravilhosa que passei com aquele moleque folgado que conheci no Orkut. Meu namorado até hoje não descobriu, fazer o que, se não dá assistência, abre concorrência.
Espero que tenham gostado do meu primeiro conto, gosto de escrever por isso se prolongou.
Beijos gente, espero que faço vocês darem umas belas gozadas lendo meu conto.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.