"Os mais excitantes contos eróticos"

 

VIDA SEXUAL DE UM CASAL FELIZ.


autor: LeãoBarbalha
publicado em: 30/09/16
categoria: traição
leituras: 9664
ver notas




Sexta feira, quase dez horas da noite e Amalia está nua e curvada sobre o braço do grande sofá da sala. Danilo esta todo dentro dela, meteu fundo por trás na boceta que esta totalmente esticada para acomodar o volumoso invasor.
Amalia faz seu costumeiro escândalo, geme, grita e se contorce toda enquanto se joga para trás querendo ser penetrada mais fundo ainda. Danilo mantém ela firme segurando na sua cintura com os dedos cravados enquanto bomba sem parar, tira quase tudo e depois mete fundo, entra rasgando separando as paredes da vagina molhada de escorrer.
Danilo não fala, só trabalha bufando e suando, seus músculos aparecem todos demonstrando o esforço. Já Amalia xinga o parceiro, quer ser tratada como vagabunda e até pede uns tapas, gosta de apanhar na bunda enquanto é fodida.
Afastado dos dois, em completo silêncio Noah, o marido da Amalia, observa a cena, se masturba usando para isso uma calcinha preta que a pouco sua esposa usava. Ele não sabe quantas vezes gozou mas não para de se masturbar e está fascinado pela visão do grande pau entrando e saindo da boceta, ele pode ver perfeitamente como a vagina da sua mulher se alarga toda quando aquela estaca escura penetra abrindo caminho, depois quando o comedor tira tudo ele parece não acreditar como a boceta ainda fica aberta, toda avermelhada e escorrendo...
Amalia tem algumas falas combinadas com o marido, é o jogo deles e as frases são combinadas antes, tudo para excitar ainda mais o marido punheteiro:
-Veja amor, ele está me arrombando...Eu nunca levei um pau tão grande assim...e você sabe meu amor, depois disso o teu pau não vai mais servir para mim...veja o que ele está fazendo na minha bocetinha...e foi VOCÊ quem pediu!
Noah nada responde, só aumenta o ritmo da punheta. Depois de três orgasmos Amália está exausta, se entregando e desabando no sofá, Damilo solta um grunhido animalesco e anuncia que vai gozar. Pela primeira vez Noah interfere de maneira seca e sucinta:
-Na boca! Goza na boquinha dela...
Dito isso Noah se aproxima dos dois com uma máquina fotográfica profissional na mão, ainda não largou a calcinha preta que usa a todo minuto para limpar seu pau que não para de babar.
Damilo atende o patético pedido do marido corno, é o mínimo que pode fazer. Goza na boquinha deliciosa da Amalia que engole tudinho.
Noah tira duas fotos, uma da boca da esposa cheia de porra antes dela engolir e outra da boceta toda arregaçada, arrombada e encarnada botando os fluídos para fora e escorrendo pelas coxas.
Damilo termina seu serviço, se veste e vai embora se despedindo rapidamente. O casal vai para o banho juntos e um limpa o outro com carinho, uma vez limpos rola um oral suave... Depois terminado o banho vão dormir como qualquer casal comum faz.
No outro dia acordam cedo e fazem amor suave, como apaixonados e em silêncio cúmplice, sobre a noite anterior e as próximas que virão nenhuma palavra é dita...
A vida continua e os dois são felizes assim!





ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.