"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Meu primeiro grupal


autor: EnzoLopes
publicado em: 18/03/16
categoria: hetero
leituras: 5276
ver notas



Em uma dessas idas pra casa de praia de minha amiga, aconteceu uma das minhas melhores aventuras, uma experiência marcante e muito gostosa. Era um sábado, tinha pego uma praia pela manhã, onde conheci dois rapazes muito legais, conversamos e me disseram que estavam hospedados em uma casa la perto onde eu estava, me disseram também que a noite teria uma festa na rua de trás, que se eu quisesse aparecer estava convidada, agradeci o convite e disse que se animasse iria, pois estava meio chateada com a vida. Durante a tarde tomei um banho fui pra sala assistir TV, mas acabei dormindo, despertei por volta das 19 horas, com meu celular tocando , era meu marido querendo saber onde eu estava eu não disse, acabamos brigando mais uma vez e desliguei o telefone na cara dele. Resolvi então tomar outro banho, passei meu perfume preferido e resolvi ir a tal festa, como era perto fui a pé mesmo, chegando lá encontrei os rapazes que me apresentaram seus outros dois amigos, eram todos do interior de MG ,universitários, estavam curtindo as férias, ficamos os cinco conversando bastante, rimos muito, bebemos um bocado, dancei bastante, eu usava um vestido curto acima do joelho e sempre que podiam, enquanto dançávamos eles apalpavam minha bunda e esfregavam a perna entre as minhas, certa hora a festa foi ficando chata e disseram que iam embora, no dia seguinte tinham que ir embora, aproveitei e peguei carona com eles fomos os 5 a pé rua a fora, rindo muito, chegamos e Luiz pediu pra usar o banheiro da minha casa, aliás seus nome eram Luiz, Jorge, Ricardo e Dirceu, pra não ficarem sem graça, chamei os outros pra entrarem também e tomar alguma coisa, foram ao banheiro, depois voltaram, Luiz e Jorge são mais assanhados sentaram-se do meu lado e começamos a conversar, Luiz começou a falar no meu ouvido e beijando meu pescoço me fazendo derreter todinha, tentei sair, mas Jorge me segurou e colocou a mão entre minhas pernas notando que eu estava molhadinha, Luiz tirou o pau pra fora, aliás, um lindo pau, me colou pra chupar, fiquei de 4 no sofá chupando o pau do Luiz enquanto Jorge veio por trás, me deu uma chupada, atolou a língua na minha xana, que delicia ser chupada e chupar ao mesmo tempo, depois de certo tempo me chupando colocou seu pau na minha buceta e socou com tudo nela me fazendo gemer feito uma cadela no cio, pouco tempo depois chegam Ricardo e Dirceu tinha até me esquecido deles, me levantei assustada falando para os quatro, não vou dar não, riram me seguraram e fizeram um circulo em minha volta me abaixaram obrigando a chupá-los, disseram: você provocou a gente putona só queremos gozar uma vez, no início tentei recusar mas não podia nada e comecei a chupa-los, tinha um cada mão, um na boca e outro esperando a vez dele, eram quase todos do mesmo tamanho Dirceu me pareceu um pouco maior, aquela situação me deu uma excitação incrível, nunca tinha imaginado que um dia teria 4 machos com pau duro há minha disposição, até que não resistiram mais, Dirceu foi pro sofá e me fez sentar no seu pau, sentei comecei a cavalga-lo enquanto chupava Luiz e punhetava Ricardo e Jorge, que loucura eu gozava feito uma maluca, Luiz saiu da minha boca e foi la pra trás fiquei, chupado Ricardo e punhetando Jorge, Luiz fez um carinho com os dedos no meu cuzinho, depois enfiou um ,depois dois dedos, fudeu meu cuzinho com os dedos, um pouco depois ajeitou o seu pau na portinha dele e mandou pra dentro me levando a mais um orgasmo estonteante, poucos minutos depois, senti Dirceu se contorcendo debaixo de mim e um liquido quente enchendo minha buceta, nem deu tempo de tirar, mudamos de posição, Ricardo se deitou no sofá e coloquei seu pau no meu cuzinho, cavalgando freneticamente naquela rola dura feito pedra, Luiz veio na minha xota, já toda arrombada e gozada por Dirceu, meteu com força, parecia que estava com raiva meteu ate gozar, só que ele tirou e gozou na minha barriga, Jorge tomou o lugar de Luiz e começou a comer minha xana, o balanço de Jorge socando na minha xana fazia com que eu rebolasse gostoso na vara do Ricardo que não resistiu muito tempo e encheu meu rabo de porra, me levantei e Jorge me colocou de 4 no sofá para foder meu cuzinho, como já estava tudo melado de porra , a vara do safado entrou fácil, ficou ali me fudendo socando aquele pau no meu rabo e eu rebolava de prazer, olhei pra ele e disse “quero que goze na minha boca” ele apenas sorriu e continuou socando no meu rabo, de repente senti que ele começou a inchar e falou vem vagaba bebe a porra do seu macho, cai logo de boca ele segurou minha cabeça e começou a fuder minha boca como se fosse uma buceta quando seguro o pau no fundo da minha garganta e senti seus jatos de porra empurrei pra não me engasgar e senti minha boca cheia de leitinho quentinho; caí sentada no chão lambendo os lábios, cansada e querendo mais, enquanto se vestiam, diziam: pena que temos que viajar amanhã, senão seria até amanhecer, se despediram e foram embora, fiquei ali deitada no chão, totalmente realizada e extasiada por ter fodido com 4 rolas no mesmo dia, aliás na mesma transa, que dia inesquecível.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.