"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Iniciados na fantasia "Cuckold


autor: loirasexbg
publicado em: 24/01/16
categoria: traição
leituras: 8041
ver notas


Oi gente! Vamos continuar? Quero agradecer a todos pelo carinho e pelos elogios dos meus relatos anteriores!

Para quem ainda não leu meus relatos, o que vou contar agora é uma continuação dos relatos: “Acho que meu marido queria um chifre...” e “Uma esposa decidida!”. Leiam antes e nesta ordem!

Para os que leram, prometi contar sobre o dia seguinte depois daquela noite de carnaval! Além disso vou contar mais um episódio novo! Este que foi o início da nossa vida liberal e o single em questão virou meu amante fixo!

Esse episódio novo que eu vou contar é uma mistura de realidade e algumas fantasias minhas, fruto do meu amadurecimento ao longo da minha vida liberal com meu marido!

Bem, no dia seguinte, acordados em nossa cama, Caio e eu pudemos conversar mais relaxados sem toda aquela euforia da noite anterior:

(Caio)
_”Amor… Noite perfeita! Uma pena eu não ter visto nada... Mas não posso reclamar... Eu gostei!”

(Eu)
_”Que bom amor... Eu também adorei... Nossa, ainda bem que você me seguiu, senão ia desistir!”

(Caio)
_”E aí vamos repetir? Mas desta vez queria assistir tudo de perto!”

(Eu)
_”Já que você gosta de ver, por mim tudo bem... Só espero que não se assuste!” respondi em tom de brincadeira, mas com alguma franqueza, pois precisava tratar de um assunto delicado que poderia me inibir (risos).

(Caio)
_”Como assim? Assustar por que?”

(Eu)
_”Olha amor.... Talvez eu me comporte um pouco diferente do que você vê em nossas transas… Se eu gozar mais fácil, por exemplo? Se tudo for mais intenso? Se eu ficar mais excitada? Se eu permitir algo novo, cuja liberdade ainda não dei a você? Sexo é um eterno aprendizado! Tenho me redescoberto muito ultimamente com cada parceiro que tive… Se você entender isso tudo bem...”

Caio coçou a cabeça e disse:

_”É, não tinha pensado nisso… Espere, como assim “ultimamente com cada parceiro”? Você transou com mais alguém além do rapaz de ontem?

Percebi que eu tinha falado demais (risos)! Tinha passado da hora de contar ao Caio sobre o Maurício:

_”Amor, espero que não fique bravo... Olha, eu tentei mas não resisti! Aliás, foi culpa sua, porque ficou falando aquelas coisas pra mim… O Maurício, primo do Cleber, lembra? Ele veio com tudo pra cima de mim naquele dia! Acabei não suportando… e transamos!”

Hoje escrevo isso pra vocês e fico pensando… Quem diria? A vida é cheia de ironias… Tantos casamentos acabam nesta confissão... Já o meu não acabou, muito antes pelo contrário (risos)!

Ao ouvir isso o Caio foi tomado por uma excitação instantânea, pedindo todos os detalhes.... Depois que eu contei tudo ele perguntou:

_”Putz... Vejam só! Eu nem imaginava… Pelo jeito você gostou, né?”
_”Gostei muito… Ele é muito experiente!” respondi sorrindo, cheia de entusiasmo.

Ao perceber minha animação, Caio fez uma pergunta tentadora pra mim:

_”Está afim de transar com ele de novo?”

Nossa, aquela pergunta mexeu tanto comigo! Deu até um friozinho na barriga de tesão! Acabei não resistindo e respondi:

_”Ai Caio… Vou ser muito sincera com você… Eu queria muito!”

Ao perceber que fui tentada com aquela pergunta, Caio completou:

_”Por mim tudo bem... Convide ele pra sair então. Mas dessa vez queria estar presente…”

(Eu)
_”Jura amor??? Nossa, fiquei feliz agora! Mas como vou falar com ele? Você tem o telefone?”

(Caio)
_”Não, mas o Cleber tem.”

(Eu)
_”Caio, não conte nada para o Cleber! Fiquei sabendo o que você pediu pra ele e não gostei! Caio você só podia estar louco, o Cleber conhece minha família toda! Seja discreto ou vou parar com tudo isso!”

(Caio)
_”Calma amor, desculpa! Pode deixar que eu me viro, ele nem vai perceber...”

No dia seguinte meu marido colocou um papel anotado com o telefone do Maurício na minha mão e disse:

_”Toma amor. Liga pra ele…”

Não acreditei! Sorri para o Caio empolgadíssima, peguei meu telefone e me joguei no sofá pra ligar! Caio também sentou e ficou do meu lado esperando...

O telefone chamava... Cada segundo era uma eternidade! Comecei a mexer nos cabelos de ansiedade! Foi quando atendeu uma voz firme do outro lado:

_”Alô! Quem é????”
_”Oi? Maurício?”
_”Sim sou eu! Quem é????”
_”Oi, sou eu a Cíntia! Esposa do Caio...”
_”Oi gata! Putz, como conseguiu meu telefone?”
_”Dei um jeito! Quanto tempo...”
_”É mesmo, muito tempo! Está com saudade né????”
_”Tô…”
_”hahaha sua safada!”
_”E seu marido? Contou pra ele?”
_”Sim. Ele já está sabendo de tudo…”
_”Ah é? Aposto que gostou de saber, né?”
_”Gostou muito...”
_”Você quer de novo né safadinha?”
_”Uhum… Queria...”
_”hahaha, beleza então! Vamos sair nesse fim de semana! Pode levar o seu marido que vai ser um prazer te montar na frente dele!”

Nossa, quando o Maurício disse aquilo fiquei muito excitada (risos)! Maurício continuava safado e “agressivo” nas palavras como antes… Então eu respondi pra ele:

_”Tá, eu vou levar ele…”
_”Gata, aposto que seu marido está aí do seu lado né?”
_”Está…”
_”Ele está me ouvindo?”
_”Não…”
_”Então olha pra ele com um sorriso de safada e dá uma piscadinha, vai!”

Gente, o Maurício conseguia me enlouquecer até pelo telefone (risos)! Cheia de tesão acabei fazendo que ele pediu... Sorri para o meu marido piscando com um olho… Caio ficou sem entender o que acontecia porque o telefone não estava no viva-voz…

_”Fez o que mandei?”
_”Fiz...”
_”Sua sem vergonha! Tô louco pra te pegar!”

Depois dessa safadeza toda (risos), combinamos um encontro e encerramos a ligação!

Animada, olhei pro meu marido e falei:

_”Amor, vou encontrar com o Maurício naquele barzinho, no próximo Sábado! E tenho boas notícias pra você: Maurício disse que você pode vir junto com a gente!”

Ao ouvir isso meu marido ficou todo animado (risos)! Já eu estava super ansiosa! Não via a hora de chegar o Sábado!

Nossa, pensei, o Maurício era muito afinado com o fetiche do meu marido! Experiente e liberal que era, na certa já tinha saído com muitos casais por aí!

Quando amanheceu o Sábado acordei super animada! Meu marido até estranhou (risos) (vejam só, quem diria, percebi até uma pontinha de ciúmes nele). Precisei dar a ele um pouco de segurança dizendo:

_”Amor não se esqueça que te amo muito tá? Estou sabendo separar as coisas, ok?”

Tratei de ir no salão fazer as unhas e arrumar os cabelos… De noite vesti uma lingerie muito sexy que o Caio me deu. Fiz uma maquiagem leve. Coloquei um vestidinho curto, de alcinha e decote nas costas, perfeito pra baladas! Depois calcei uma sandália de salto maravilhosa!

Então fomos para o barzinho. Enquanto Caio dirigia eu só ficava imaginando o que poderia acontecer… Fiquei receosa do Caio me ver transar com o Maurício… Eu não ia conseguir esconder meu desejo! Respirei fundo e pensei: Se meu marido queria assistir tudo bem, é fetiche dele… Mas eu não vou colocar rédeas em mim por causa dele!

Chegamos no bar umas 22 horas (um bar maravilhoso que fica na savassi). Maurício ainda não tinha chegado! Entramos no bar de mãos dadas e ocupamos uma mesa. Pedi ao garçom uma taça de vinho e Caio pediu cerveja… A noite estava deliciosa e animada, com o bar lotadíssimo!

Fiquei conversando com o Caio e acariciando a mão dele sobre a mesa. As vezes a gente se beijava, felizes, mas não conseguíamos esconder um do outro a ansiedade...

De repente meu telefone toca! Era o Maurício! Atendi e ele disse:

_”Cheguei gostosa! Já estou aqui na porta, vem me encontrar!”

Como o bar era espaçoso e estava muito cheio, eu precisava encontrar o Maurício. Levantei da mesa e disse pro Caio:

_”Amor o Maurício chegou! Vou lá buscar ele!”

Caio consentiu e eu fui super ansiosa! Ao me aproximar da porta do bar eu vi o Maurício! Lindo e gostoso como sempre (risos)!
Ele me abraçou pela cintura e me deu um beijo na boca dizendo:

_”Nossa gata, você está demais! Isso tudo é pra mim?”
_”Sim! Gostou?” respondi sorrindo e cheia de excitação.
_”Demais!” ele disse.

Maurício e eu fomos de mãos dadas em direção à mesa que meu marido ocupava! Eu suava frio, principalmente quando vi o Caio sentado nos olhando chegar como dois namorados (risos)!

Sentamos à mesa e o Maurício cumprimentou o Caio. O Caio parecia bem animado, a julgar pelo ataque de ciúmes mais cedo. Maurício me fez sentar do lado dele de mãos dadas, enquanto Caio ficou sozinho do outro lado da mesa…

Depois Maurício pediu mais um copo ao garçom.... E o garçom provou ter boa memória (risos)! Não escondeu a cara de surpresa ao me ver de mãos dadas com outro homem...

Nossa, aquele clima estava super excitante pra mim! Maurício conduzia tudo. Ele estava super à vontade com a gente, me tratando como se eu fosse uma namorada dele, com a mão nas minhas pernas me acariciando … Depois me deu um beijo de língua que me deixou super molhada!

Percebendo que eu estava muito excitada com aquilo, Maurício olhou pro meu marido e falou em um monólogo que me deixou ainda mais louca de excitação:

_”Caio, você sabe que sua esposa é muito gostosa né? Eu também sei! Safada! Apertadinha! Botei pressão e comi ela um dia desses... Foi demais comer essa gata! Gozei demais nela! Não foi Cíntia? Responde pro seu marido...”

Gente, eu não esperava tanta safadeza do Maurício! Esse joguinho de dominação dele me deixou louca, cheia de tesão… Não aguentei e acabei cedendo:

_”Foi sim!” respondi olhando para o Caio. Caio ficou louco quando ouviu isso (risos).

Percebendo meu tesão, Maurício olhou pra mim e perguntou:

_”Cíntia, você quer ser vadia hoje não é? Olha nos meus olhos e responde vai!”
_”Nossa Maurício coitado do C...” (Maurício interrompeu minha fala com um beijo de língua intenso que me fez suspirar de tesão).

Depois finalizou o beijo e tornou a perguntar:

_”Responde Cíntia, você quer ser vadia hoje não é?”

Mais uma vez não aguentei e respondi:
_”Quero…”

Maurício deu um sorriso sacana e depois retomou a conversa:

_”Cíntia, agora que seu marido e eu descobrimos que você quer ser vadia essa noite, queremos saber agora quem vai ser seu macho essa noite! Mas tem dois homens sentados nessa mesa. Diz pra gente quem é seu macho hoje! Vai lá no banheiro, tire a calcinha e entregue ela aqui na mão do seu macho! Vai!”

Confesso que tive um quase-orgasmo (risos)! O Maurício ultrapassava todos limites! Já o meu marido parecia esconder a ereção como um garoto no auge da puberdade…

Com as pernas bambas de excitação levantei em silêncio e fui até o banheiro… Chegando lá tirei minha calcinha minúscula e encharcada de tanto tesão! Depois embolei ela na palma da mão e apertei bem pra esconder.

Voltei para a mesa e me sentei. Em seguida o Maurício olhou pra mim e disse:

_”Pronto, agora entrega na mão de quem vai ser seu macho!”

Em silêncio eu dei a calcinha nas mãos do Maurício... Ele olhou pro Caio e deu um sorriso sacana dizendo:

_”Perdeu colega! Vamos pro motel que eu tenho uma esposa pra meter muito essa noite!”

É, Maurício era um cretino (risos)! Mas eu estava adorando tudo aquilo! Ele conduzia tudo com maestria, dando um banho de fantasia em mim e no Caio… Um verdadeiro homem com H, esbanjando virilidade e experiência...

Caio pagou a conta do bar e depois caminhei de mãos dadas com o Maurício em direção ao nosso carro! Maurício fez questão de dirigir e pegou as chaves com o Caio! Eu fui ao lado dele, enquanto Caio foi no banco de trás…

Meu coração estava acelerado há horas, de tanta adrenalina! No primeiro sinal vermelho Maurício aproveitou para colocar a mão nos meus seios e acariciá-los, tirando um deles pra fora, por cima do decote do vestido…

Fiquei imóvel de tesão, sentindo ele me apalpar. Olhei de relance no retrovisor interno e tive a impressão que Caio se masturbava...

Em seguida Maurício tirou uma das mãos do volante e levou até à calça jeans tentando abrir o zíper, enquanto dirigia com a outra mão… Depois puxou o pênis duro pra fora da calça, pegou minha mão esquerda e colocou nele dizendo:

_”Gostosa, segura essa piroca e vai batendo uma pra mim...”

Muito excitada eu agarrei o pênis do Maurício com a mão esquerda e fiquei masturbando ele até chegar no motel…

O pênis estava duro como ferro (risos)! Eu estava nas nuvens com aquela situação toda… Meu marido observava mudo no banco de trás…

Ao entrarmos no quarto do motel o Maurício me agarrou, me dando um beijo de língua maravilhoso… Enquanto me beijava ele foi levantando meu vestindo com as mãos até meu bumbum ficar de fora…

Depois ficou alisando e segurando meu bumbum com firmeza... Em seguida deu um tapa que estremeceu meu bumbum e o barulho ecoou pelo quarto! Fiquei louca…

Meu marido assistia a tudo, sem interferir… Não sei se ele estava gostando… Mas no momento isso não me interessava nem um pouco (risos)! Só queria aquele homem pra mim!

Excitada e sem inibição, coloquei minha mão no volume que se formava na calça jeans do Maurício e comecei a acariciar enquanto beijava ele na boca…

Em seguida o Maurício sentou na beirada da cama e me fez ajoelhar no chão dizendo:

_”Vai gostosa, mata a sua saudade! Bota essa boquinha nesse cacete!”

Fiquei de joelhos entre as pernas do Maurício e apoiei meus braços na coxa dele. Desabotoei a calça e puxei deixando ele seminu. Em seguida puxei a cueca e o pênis dele saltou duro, apontado pra mim.

Olhei de relance e vi meu marido observando tudo enquanto se masturbava! Excitada ao extremo, não me fiz de rogada: Segurei e abocanhei aquele pênis grande e lindo!

Enquanto eu chupava Maurício gemia e dizia:

_”Porra Caio! A boquinha da sua esposa é sensacional… Tô me segurando aqui pra não dar leite pra essa gata! Putz!”

Maurício não dava trégua e continuou a sacanear meu marido:

_”Caio, hora de conferir se sua esposa é uma vadia… Cíntia, engole tudo vai! Quero cada centímetro dentro da boca! Até no saco vai!”

Excitada, acabei obedecendo! Nunca tinha feito isso e meu marido deve ter ficado surpreso (risos)! Maurício foi me ajudando com as mãos atrás da minha cabeça… Aos poucos fui abocanhando mais e mais o pênis do Maurício… Eu me esforçava tanto até que levei o Maurício à loucura quando consegui tocar meus lábios no saco dele! Depois cuspi fora o pênis em um princípio de ânsia de vômito (risos)!

Nada como agradar seu parceiro e ser retribuída! Maurício ficou louco de tesão e me tirou do chão mandando eu ficar de quatro na cama! Queria tirar as sandálias mas ele não deixou… Então fiquei de quatro na cama esperando por ele…

Maurício me agarrou pelas coxas e começou a lamber meu bumbum! Aquilo me deixou louca! Comecei a gemer de tesão… De repente ele cravou a língua na minha vagina super molhada, estimulando meu clitóris… Fui nas nuvens! Meu marido nunca faria um sexo oral tão bom!

Depois ele abraçou minhas coxas, apertando o rosto dele contra o meu bumbum! Delirei… Ele colocou a língua no meu cuzinho e começou a forçar… Não aguentei e acabei falando com meu marido:

_”Ai Caio, presta atenção e vê se aprende! Ai!”

Maurício adorou me ver participando do joguinho sacana dele com meu marido… Confesso que estava começando a gostar da brincadeira (risos)! E torcia para que Caio estivesse gostando também!

Minutos depois o Maurício disse:

_”Gostosa, é hora de “machucar” a bucetinha! Tô com saudade dela!”

Maurício ficou em pé na cama atrás de mim e foi se abaixando. Depois começou a me penetrar… De repente ele começou os movimentos de penetração! Comecei a ser chacoalhada na cama com aqueles movimentos… Estava morrendo de tesão só de imaginar meu marido vendo aquilo!

Maurício tinha um vigor físico invejável… Comecei a gemer de tesão:

_”Ai!!!! Ai!!!!”

Maurício enrolou meus cabelos na mão dele e puxava enquanto me socava freneticamente… Fiquei ainda mais louca de tesão!

Ele aproveitou pra sacanear meu marido mais uma vez:

_”Pô Caio! Foi mal! Tô estragando seu brinquedo…”

Depois de uns minutos de intensa penetração, Maurício tirou o pênis de mim e disse:

_”Gata, quero te comer atrás...”

Maurício queria fazer anal comigo! Particularmente nunca gostei de sexo anal… Caio já havia tentado comigo mas doía muito, então eu acabava desistindo! Nenhum namorado meu soube fazer de um jeito que eu suportasse...

Como eu estava excitada e o Maurício era super experiente, pensei que seria a melhor chance que eu poderia ter, “agora ou nunca” (risos). Resolvi tentar de novo… Ele enfiou o dedo no meu cuzinho pra alargar ele aos pouquinhos… Senti uma dorzinha porém suportável…

Depois o Maurício (se é por fantasia, eu não sei), chamou o Caio e pediu pra ele sentar na beirada da cama. Depois me colocou de quatro, me fazendo apoiar os cotovelos no colo do meu marido e disse:

_”Segura a mão da sua esposa e ajuda ela...”

De repente o Maurício foi me penetrando no cuzinho enfiando o pênis, bem devagar… Comecei a sentir muita dor apesar da experiência dele. Levei o dedo no meu clitóris para massageá-lo, buscando algum prazer pra se distrair…

Tentei me excitar chamando pelo meu marido enquanto apertava a mão dele dizendo:

_”Ai Caiooo! Ai que dor...”

Tentei aguentar mais um pouco até que o Maurício me penetrou por completo:
_”Isso gata! Puta que pariu...”

De repente o Maurício começou a movimentar vagarosamente… Nunca tinha chegado até aqui. Fiquei otimista (risos). Aos poucos a dor foi passando e o Maurício foi aumentando a velocidade dos movimentos…

Caio devia estar louco porque o Maurício tinha conseguido! Minutos depois a dor virou prazer e o Maurício aumentou as estocadas… Comecei a adorar a sensação de ser preenchida no cuzinho!

Maurício estava louco de tesão e começou a socar muito forte! Nossa, parecia que ele estava com raiva do meu bumbum! Tentei me equilibrar segurando no meu marido, que estava alucinado com tudo aquilo... Minha excitação foi aumentando cada vez mais…

De repente Maurício disse:

_”Olha nos olhos do seu marido! Mostra sua carinha de tesão pra ele vai!”

Olhei nos olhos do Caio e isso foi a gota d’agua pra mim! Comecei a gozar em orgasmos intensos… Um dos melhores orgasmos da minha vida! Passei a gritar:

_”Ai amor, tô gozandoooo!” e logo depois caí desfalecida no colo do Caio...

Ao ver aquela cena Maurício também explodiu em gozo gemendo… Senti o esperma dele escorrer em abundância do bumbum para as pernas…

Depois nos vestimos e eu voltei com meu marido pra casa, onde transamos mais uma vez com direito a sexo anal, inclusive…

Nossa, nada como um homem experiente que mergulha de cabeça na fantasia de um casal! E nada como um homem que também tem tato para os limites desse casal. Maurício nos deu muito prazer e continua dando pois ele virou meu amante fixo!

A vida liberal minha e do Caio foi evoluindo, até que amadurecemos a ideia do primeiro menage. Depois conto como foi! Beijos a todos! E curtam a vida que a vida é curta!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.