"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Meu tio gato!


autor: Ninfa Romana
publicado em: 31/03/15
categoria: incesto
leituras: 24839
ver notas


Como estão me bloqueando no Face... aqui vai meu conto...

Dei gostoso pro meu Tio...

Biografia anônima autorizada... rsrsrs... espero que apreciem;

Pertenço a uma família bem numerosa e iniciei minhas viagens ao mundo maravilhoso do sexo ainda bem cedo (com 13 anos) através de uma prima maravilhosa que n'outra ocasião conto melhor, hoje, meu conto ocorre num dos sítios de nossa família, somos do Sul do Brasil, pessoas muito bem educadas, mas fomos todos criados com muita liberdade entre os primos, na ocasião, havíamos viajado para um destes sítios de nossos familiares e meus pais tiveram de retornar as pressas para a cidade para resolver uns negócios pessoais, fiquei no sítio junto com minhas primas e primos e alguns tios e tias, logo pela manhã fui pra a piscina e tirei uma dúvida que eu alimentava a um certo tempo, um tio meu muito gato e solteiro, salva vidas de um clube local e que percebi que me olhava diferente, aproveitei a ocasião para tirar a prova dos nove e coloquei meu menor bikíni e fui pra piscina, fiquei todo o tempo na água e meus primos ficaram ligadões, mas eu não quis sair da água nem a custa de paulada pra não instigar nenhum engraçadinho que quisesse estragar meus planos, enfim, quando meu tio gato entrou na água comecei a mergulhar próximo dele e empinar minha bunda bem perto dele, percebi que consegui chamar a a atenção dele bem rápido e numa dessas olhando por baixo d'água de óculos percebi que ele estava bem excitadinho, me aproximei e volta e meia esbarrava no pau dele e pude sentir o volume e fiquei imaginado aquele belo exemplo de cacete me comendo... ui... que coceira que me deu, estava piscando de tesão. Quando a noite chegou ficamos todos na sala assistindo videos e com o adiantado da hora um a um foram indo dormir até que só ficamos eu e meu tio gato, ele fez menção de ir dormir no quarto e perguntei se ele não queria ficar na sala mesmo e ele, claro topou, como estava meio friozinho fiquei só de calcinha, shortinhos e camisão num dos vários colchões espalhados na sala, tirei a parte de cima do meu bikíni, ele se deitou e eu deitei ao lado, varias vezes fingi me mexer para q meu corpo tocasse o dele, ate que desligamos a tv e falamos que íamos dormir, daí deitamos cada um pra um lado.. ate que ele virou pro meu lado...dei um jeitinho de levantar o camisão e me aproximar encostando minha bunda nele, tava bem bom e eu tremia feito vara verde, me mexi um pouco e me enfiei um pouco pra dentro meu shortinhos... ate minhas polpas quase ficarem expostas e me aproximei de novo encostando e ele já tava com aquele volume gostoso da ereção, pois então, eis que ele também se mexeu saindo, não entendi, então ele voltou pra perto de mim, COM O CALÇÃO ABAIXADOOOOO! Aquele pau duro relou em minha bunda quase desnuda e eu empinei mais, hummmmmmm... baixei meu shorts sem ele perceber ai, todos já sabem o que iria rolar né?! Deixei minha bunda livre, acesso livre, calcinha esquematizada de lado, me aproximei, senti a mão dele tocando o pau e deixando ele entre minhas nádegas, ai quando senti ele tocando o próprio pau e encaixando em mim, foi a minha pira máxima, senti que seus dedos quase não davam a volta naquele roliço e quando ele encaixou a mão dele me encaixando ainda sem penetrar, apenas na portinha, eu estava toda molhada, aiii, ali foi meu tesão! Começamos os movimentos atritando ele contra a entradinha, correndo entre as minhas polpas e de tando esfregar, encharcou o pau dele, ele segurou o pau, empinei mais um pouco e sabia que era a hora, ele encaixou e forçou, senti aquele pau ganhando espaço dentro de mim, me invadindo, me possuindo, ui, dei um gemido meio alto, ele parou, assustado, comecei a rebolar de leve e ele começou o movimento de dentro fora me comendo, aaaaaaaaaai que tesão FDP, bom, não tinha mais muito o que fazer e fiquei apenas curtindo aquele movimento maravilhoso, me fodendo, bem quietinho, entrando e saindo, as vezes com força, as vezes devagar, as vezes tirava tudo e colocava de novo, eu não sei o q me deu, mas senti que ele ia gozar, tirei o pau dele de dentro de mi e comecei a acariciá-lo numa meia punheta, mas muito devagar, muito molhado, não queria que ele gozasse dentro de mim mas também queria agradar, comecei a esfregar a cabeça do pau dele no meu cuzinho, eu tava com tanto tesão, que a coisa ate foi de boa, esfreguei, esfreguei, e ele começou a empurrar, forçar e foi estranho, porque entrou de repente, muito bom, achei que meu tesão estava mesmo muito alto, por que não senti dor nenhuma, primeiro entrou a cabeça e segurei ele, deixei ele ficar bombandinho ate gozar, na hora de gozar acho que deu tesão e ele empurrou com força, noooossa, me segurei pra não gritar, mas daí senti aquela coisa gostosa, quente, melecada me invadindo... ele tirou o pau e saiu todo molinho com um pouco de porra... ele virou pro lado e dormiu, me levantei , fui pro banheiro me limpar e quando voltei ele não estava mais no colchão da sala, para que não acordássemos e o povo todo ficasse só na falação...

E foi assim que constatei que meu tio gato era mesmo uma delícia, transamos outras vezes mas o legal foi contar para minha prima e ela ficar tão puta que transou com ele só pra eu ver...

Mas esta é uma outra historinha...
Espero que tenham gostado!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.