"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Comi Minha Tia Depois De Levar


autor: Amoroso
publicado em: 17/11/15
categoria: hetero
leituras: 133561
ver notas


Sempre fui um garoto de poucos amigos, e também quase nem saia de casa. Era (até hoje) viciado em games e cultura geek , isso quase que automaticamente me torna um garoto tímido e com problemas com o sexo oposto . Porem chega um momento em nossa vida que a gente precisa acordar e começar a tentar coisas novas . O fato aconteceu quando tinha 16 anos e estava no 1° ano do ensino médio . Tinha acabado de me mudar de escola e a timidez acabou prevalecendo novamente , a minha salvação é que meus melhores amigos tinham mudado comigo. Apesar de passar quase o tempo todo junto deles eu consegui fazer uma amiga (apesar de ter estudado com ela a 3° e 4° serie ) . A gente tinha ficado sem se falar por uns 5 anos , e tínhamos muitas coisas para falar , uma delas era que ela percebeu que tinha uma garota da nossa sala que não tirava os olhos de min , eu perguntei :

- Tem certeza? logo Eu?

Ela falou:

- Sim , como você não percebeu?

Como era uma amiga de “confiança” eu resolvi confiar. Dei algumas olhadas e quase sempre ela esta olhando também ,e ficava com vergonha e virava a cabeça quando acontecia algum encontro de olhares . Resolvi ir falar com ela e logo descobri que era uma garota bem recatada e sua família também vivia de um jeito muito estranho (Não convém falar esse tipo de coisa aqui). Percebi que ela era uma garota muito interessante (bem magrinha com cabelos quase ruivos e bem alta) e com um papo bom; depois de alguns dias resolvi pedir pra namorar com ela pelo famoso Whatsapp ; porem pela primeira vez vi a intuição feminina falhar obviamente recebi um não ; logicamente o resto do meu dia foi uma merda . a noite recebi um convite para dormir com minha tia , pois o marido dela (meu tio no caso) tinha ido junto com minha prima pequena (6 anos de idade) dormir na casa da mãe dele . desde criança me sentia muito atraído pela minha tia , achava isso errado porem quando a puberdade começou a aflorar isso piorou muito. Oito e meia da noite ela me ligou falou que iria me buscar para me levar ; eu disse tudo bem . quando ela chegou me despedi de meus pais e entrei no FORD Focus dela ; a “viagem” foi bem rápida e também silenciosa . chegamos na casa dela, entramos e quando eu estava no corredor indo ate o quarto guardar minhas roupas quando no meio do corredor ela sai do banheiro e lentamente de despe e me pergunta:

- Não vai tomar banho não?

Gaguejando respondi:

- E E Eu JÁ JÁ JÁ Tommmei.

Então ela falou:

- A não, você não vai deitar sem tomar banho . Vem com a titia vem.
Eu tentei explicar que já tinha tomado porem ela não aceitou e quase me arrastou pro banheiro. Aquela situação já esta difícil com roupas porem ela colocou a mão na minha calça e puxou pra baixo e também tirou a minha camisa ; logo fui entrando pro box do chuveiro e ela perguntou:
Oque? Você vai tomar banho de cueca ? Não vem cá deixa eu tirar isso
Ela puxou minha cueca e eu me assustei e dei alguns passos para traz , tragicamente a minha cueca rasgou deixando solto meu pênis , tentei esconder mas ela não deixava e falava para eu parar de frescura. Ela também entrou no box e ligou o chuveiro e falou:
- pode deixar que eu vou te ajudar a se lavar!
Tentei com todas as minhas forças para não ter ereção quando ela lavava meu pênis , felizmente consegui . saímos do banho e ela me deu uma toalha , me sequei e coloquei meu pijama que era uma camisa e um short e ela foi se trocar em um outro quarto que era quase um closet ; para meu azar ou sorte não coloquei cueca por baixo do short . assistimos tv como se não tivesse havido nada . A hora de nos deitarmos chegou , ainda estava com a cena do banheiro na cabeça . me deitei e me cobri depois ela se deitou na minha frente e pediu :

- Me abraça ?

Novamente fiquei tenso pois não podia dar bola que estava excitado , fiz oque ela me pediu e ficamos de conchinha ; consegui dormir, porem não sei por quanto tempo até que ela me acorda a noite e fala:

- Está calor né! Vou ter que tirar o meu short.

Quando ela tirou descobri que ela também não estava usando calcinha . depois de um tempo ela falou:

- Ué pensei que você também tinha tirado também.

Falei que não mas ela pediu que tirasse também , refutei por um tempo seu pedido , mas ela com voz de nervosa falou:

- TIRA ISSO AGORA SE NÃO EU VOU TE DAR UMAS PORRADAS, SEU MOLEQUE!!!!

Refutei novamente até que o inesperado acontece ; ela me dá um tapa na cara e tira por sua conta o meu short . fiquei totalmente assustado e com medo de ela ver que eu não estava usando cueca ; Fiquei acordado por um tempo até que ela pede novamente para que a abraçasse , fiz oque ela mandou pois estava com medo de levar outro tapa . com todo o cuidado fui me aproximando e a abracei , todo o cuidado foi pouco quando ela vai para traz com o corpo e praticamente sarra com a bumba no meu pênis , neste momento não aguentei e tive um ereção forte e intensa , quase que de imediato ela sentiu algo cutucando sua bunda e virou e perguntou:

- Oque é isso?

Com voz tremula respondi:

- me desculpe por isso.

Ela ficou olhando para minha cara por uns 15 segundos, para minha surpresa ela passou sua perna por cima de min e montou em min ; automaticamente meu pênis entrou na sua vagina . Ali notei oque ela realmente queria. Sentei com ela no meu colo e encostei na parede onde estava encostada a cama , comecei a chupar seus peitos rosados e comecei a dar estocadas fortes que chegavam a arrancar gritos dela , isso durou por aproximadamente uns 4 ou 5 minutos, ate que ela percebeu que eu iria gozar e pediu:

- Joga esse leitinho na minha cara !! vai !!

Fiz oque ela mandou depois disso descansei por 1 minuto com ela do meu lado me dando uns beijos ; logo fui colocando meu pênis na vagina novamente porem ela colocou a mão no meu pênis e segurou e falou:

- na boceta não agora eu quero no cu!
Logo coloquei e ouvi que ela deu um gemido intenso e perguntei:

- Está doendo? Quer que eu pare?

E ela respondeu:

- coloca tudo pra dentro vai!!

Depois que tudo acabou me senti um pouco culpado pelo oque fiz porem consegui dormir normalmente. Na manhã seguinte ao acontecimento fiquei pensando sobre oque tinha feito e me perguntei :

- Será que eu fiz aquilo porque estava fragilizado ou porque eu quis mesmo e foda-se?

Até hoje não sei , mas a única coisa que sei é que tinha comido a minha tia ; mas também , quem não iria querer comer uma branquela de cabelo loiro sendo tia ou não sua.
Novamente ela com cara de paisagem fingiu que não havia acontecido nada entre nós, e é assim ate hoje ; sempre quando existe uma deixa ela me leva pra casa dela e faz tudo oque quiser comigo. Um lado bom ou ruim é que a sensação de culpa passou , e hoje consigo transar com ela normalmente.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.