"Os mais excitantes contos eróticos"

 

A vizinha


autor: Daniel_Polansk
publicado em: 13/09/17
categoria: hetero
leituras: 1739
ver notas


Estava eu em minha casa tranquilo em dia de muito calor, resolvi tomar um banho para refrescar um pouco, tirei minha roupa e fui tomar meu banho, estava eu distraído ao olhar pela janela vi Jane também tomando banho, pois nossas janela do banheiro ficam praticamente na mesma direção, ela estava me olhando e ficamos assim um olhando o outro ela sorriu quando percebeu que eu estava me masturbando, me mostrou dois dedos e percebi que ela também iria se masturbar, foi ai que dei um toque para ela ir ao quarto e abrir a janela assim ambos poderíamos nos ver de corpo inteiro e a brincadeira seria melhor, e assim fizemos eu via aquela delicia de mulher e ela também iria me ver, ela se exibia de todas as formas, até que eu gozei como louco, voltei ao chuveiro e tomei outro banho, então desci para a sala e comecei a ver TV, depois de mais ou menos 40 minutos o telefone tocou, era a Jane, e fiz logo me perguntando se não queria ir na casa dela, perguntei e o seu marido, ela disse aquele corno vai trabalhar até mais tarde hoje justo hoje que estou com um fogo danado, então falei vem pra minha casa pois aqui nõ corremos riscos, ela me falou coloca a escada no muro então, assim eu fiz, e fiquei esperando por ela então disse não estou conseguindo, foi ai que eu pulei o muro do lado da casa dela, e lá estava ela linda cheirosa, com seus 1,65, cabelos castanhos olhos cor de mel, boca carnuda, uma bunda redondinha tudo isso em um vestidinho estampado bem curtinho, não resisti e ali mesmo dei um longo beijo, nossas línguas dançavam dentro da boca o tesão era incontrolável, eu levantei aquele vestidinho e para minha surpresa estava sem calcinha, levantei ela em meu colo e introduzi meu dedo naquela buceta molhadinha fiquei brincando, parei um pouco e retirei o vestido dela deixando ela nuazinha, que corpo pedi para ela se apoiar na escada e comecei a chupar aquela bucetinha depilada, colocava a língua e ela se contorcia, comecei a lamber a entrada do cuzinho dela e ela gemia urrava me chamava de nego safado, ai fui chupando a bucetinha e colocando o dedo indicador no cuzinho dela e la se contorcia de tesão, tirei minha calça e cueca e ela me punhetava gostoso, ai resolvemos entrar na sala da casa dela, deitei ela de bruços no braço do sofá e chupei gostos novamente, pedi a ela para chupar meu pau o que ela fez maravilhosamente, ia até a cabecinha e voltava que delica, falei pra ela ficar de bruços no braço do sofá novamente e entrei por trás fui enfiando devagarinho cm por cm até entrar tudinho e comecei um vai e vem gostoso ela gozava como louca e eu segurava meu gozo, parei um pouquinho e lubrifiquei aquele cuzinho maravilhoso e comecei a introduzir meu pau devagarinho ela rebolava e eu ia entrando cada vez mais e fiquei movimentando entrando e saindo até que não aguentei e gozei no cuzinho dela, ela pediu para chupar meu pau deixei ela chupar, ficamos ali por uns minutos e tive que ir para minha casa pois estava quase na hora da filha dela voltar da escola, e sempre que dá uma brecha nos transamos, espero que gostem do relato wdamile@hotmail.com se alguém quiser trocar o óleo é só entrar em contato.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.