"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Sexo no carnaval


autor: vopaulo950
publicado em: 08/08/17
categoria: casual
leituras: 788
ver notas


Ola me chamo Renato e vou contar uma historia que aconteceu comigo quando tinha 24 anos e hoje estou com 35 anos e casado, a casa de um amigo em uma cidade do paraná e sou morador da capital de sp fui passar umas ferias e era epoca de carnaval, lá havia um carro de som na rua e formava uns bloquinhos de pessoas se divertindo bem gostoso e todos alegres.

Passamos o dia na casa de meu amigo bebendo com alguns amigos dele uma galerinha bem legal e neste grupo conheci Tati uma morena de uns 33 anos bonita , com os seios grandes e uma bundinha bem redondinha como eu amo. E passamos a tarde bebendo e brincando com piadas e uma piscina e ao cair da noite o pessoal se reuniu em uma avenida onde tinha a festa e continuamos a beber e logo Tati apareceu com vestido curti e uma blusinha e começamos a conversar e eu a elogiei bastante por ser linda e simpatica, e ao passar da noite começamos a ficar juntos.

Eu e Tati já tínhamos bebido muito e o tesão a flor da pele resolvemos ir em uma praça proximo de onde estavamos isso já era por volta das 3 da manha e chegando lá comecei encoxar e passar meu pau duro em Tati e fomos em um canto escuro da praça onde já havia um casal se pegando e nem ligamos e começamos a se pegar tb, tirei os peitos dela pra fora e comecei a mamar gostoso e ela delirando gemendo, entao coloquei a mão por baixo da saia e senti ela molhada e nao aguentei e coloquei o dedo enquanto chupava seus peitos, soltou um gritinho que o casal proximo parou para nos olhar e ela sem se importar se abaixou e tirou meu pau para fora e começou a chupar como louca isso me deixou louco de tesão sentei em um banco e logo tati sentou por cima e começou a subir e descer e gemer alto, dizendo:

- vai paulista fode esta puta para não te esquecer mais

E pediu alto para foder sem dó, e ao olhar o casal eles estavam nos olhando e moça sópunhetando o cara, ai decidir por ela virada de frente para eles no banco e a peguei de 4 pelos cabelos enquanto meti e via ela gemer e pedir para não parar que estava otimo , alternava tapas na bunda e puxoes de cabelo e socava com vontade e ela pedia mais forte e qdo vimos a moça já estava com o pau do cara na boca nos olhando isso dava mais tesão em tati, que se virou e disse para que vou gozar e quero fozar com você comendo meu rabo, este é um pedido irrecusavel. Tirei meu pau melado e coloquei devagar no rabo dela que veio rebolando e o pau foi entrando devagar e sentia ela se arrepiar e logo o pau já estava todo dentro e ela rebolava e gemia e falava:

- como esta cusem dó e quero que me arrombe

Eu socava gostoso e rapidamente ela disse que iria gozar e queria porra em seu rabo e eu estava me segurando quando disse isso soltei um jato dentro de seu rabo e em seguida ela deu um gritinho que estava gozando e amoleceu em meus braços, subi as calças e ela abaixou a saia e olhamos o casal que estavam parados olhando para nos e fomos embora, foi uma foda deliciosa



Se quiser uma aventura ou conversar melhor sou da capital e meu email vopaulo950@gmail.com





ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.